sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

17/01/2008 - Hich Hike! Going for my iPod

Eu com meu iPod Nano

Mas quem disse que eu consegui dormir, fiquei aqui zumbizando no computador. A Ashley tava com dor de dente, mas que coisa, todas as minhas amigas ficam com dor de dente, então de manhã ficamos tentando encontrar um dentista aqui perto. Tadinha, dava pra ver na cara dela a dor. Dor de dente ningém merece. Putz, odeio quem fala ninguém merece. Hehehehe... Depois cada uma de nós se separou para irmos buscar nossos pagamentos. Ô, dia feliz! A Ashley felizmente já tem um lugar pra ficar, aqui no meu bloco mesmo, só que no primeiro andar, bem na frente do quarto do James e do Chris.


De tarde, mutia coisa pra fazer. Resolvi não pegar a van do Mike… se acontece alguma coisa com o meu carro, tudo bem, o carro é meu, mas carro dos outros é foda. No gelo ainda por cima… iced roads… não, resolvi não me aventurar. Ou melhor, resolvemos nos aventurar de outra forma, pedindo carona na estrada. Eu e a Brittaney. Na primeira tentativa um carro parou e nos levou ao banco. Do banco, caminhamos até o terminal de ônibus de Silverthorne debaixo de uma tempestade de neve e de um frio de amortecer o queixo e de cortar a alma em mil floquinhos! Não porque a gente gosta de passar frio, simplesmente porque em Silverthorne nenhuma viva alma parou pra nos oferecer carona! Isso certamente atrasou nosso itinerário para o supermercado e infelizmente não deu tempo de fazer tudo que eu queria. Mas comprei o meu iPod! Tô tão feliz! Não vou mais precisar trabalhar ouvindo aquelas músicas mexicanas terríveis.


Voltamos de carona com um amigo da Brittaney e depois de deixar minhas compras em casa, fui na lavanderia pra secar as roupas que tinha lavado pela manhã. O Tony me ligou perguntando o que eu ia fazer e eu disse que tinha acabado de comprar meu iPod e que provavelmente ficaria em casa colcando músicas nele. Então ele veio aqui com seu case - muito chique por sinal - de Cds e colocou um monte de som diferente que eu nunca ouvi falar mas que ele me assegurou que eu ia gostar. E realmente. Jack Johnson, gostei, apesar de parecer ser a música hippie das montanhas do Colorado, todo mundo aqui ouve Jack Johnson, e eu, bem, hehehe, eu gostei também e foda-se. Cake também, uma banda muito maluca, eles tocam de tudo, rock, folk, música eletrônica, rap, mas cada canção tem uma peculiaridade sonora incrível, eu me rendi. Slightly Stooped também não é ruim. Bandas novas, tô ficando por dentro do que a gurizada aqui está ligada e certamente vou aplicar certas tendências - na medida do possível, e dentro do mais extremo bom gosto que sempre tive - para produzir meus pupilos.


Antes, porém, do Tony vir aqui, fui na liquor store comprar um 6 pack de Heineken. E ganhei um descontão, levei uma caixa de 12 pelo preço de uma de 6. Hehehe, falei que ia me arregar… eu sempre me arrego! Até aqui nesse frio da porra. Brrrrr, tchau então.


Peace!

Nenhum comentário: