sábado, 5 de janeiro de 2008

04/01/2008 - Walking in the cold!



A Britaney me acordou às nove e meia pra ir no dentista com ela em Dillon, já que eu teria que ir ao banco e queria comprar uma bota de snowboard. A Cristine nos deu uma carona até o dentista, e fiquei esperando por horas, até bater a fome e eu sair andando pra procurar um lugar pra comer. Fui almoçar num restaurante italiano deliciosos e não tão caro, paguei $14 por um ravioli deliciosos e um refri gigante.

Quando cheguei do almoço ela já estava pronta, falando e sorrindo com a boca torta de anestesia. Então decidimos ir ao banco depositar nossos pagamentos. Mas como tínhamos esquecido os horários do ônibus em casa, decidimos ir caminhando, afinal estava um dia lindo e o banco não era tão longe. Ilusão a nossa. Caminhamos incansavelmente por duas horas e meia naquela estrada enlameada de neve marrom. Mas chegamos.

Depois ligamos pro Elder pra vir buscar a gente, não estávamos em condições de dar nem mais um passo em direção ao ponto de ônibus. E ele foi, um santo! Chegando no housing parei direto no escritório pra pagar meu aluguel, depois vim pra casa separar as roupas pra ir na lavanderia.

Recebi ligações calorosas do Brasil, o que me deixou muito contente, como sempre! Então desci com as trouxas de roupa e lá fui eu para a maratona na lavanderia. Trocar dinheiro por moedas, depositar moedas, esperar 45 minutos até a roupa lavar, depois depositar mais moedas na máquina de secar, transportar todas as roupas, esperar 50 minutos até a roupa secar, depois tirar da máquina, dobrar roupa por roupa, colocar na mochila e nas sacolas e vir embora pra guardar. Ufa! Que saco.

Aproveitei pra dar uma organizada nos meus bagulhos aqui… arrumei os armários, separei a papelada, o sono foi batendo, e não pude resistir a minha caminha. Amanhã vai ser um dia longo de folga, pois vou praticar snowboard. Hehehehe… mal vejo a hora. Bye.

Nenhum comentário: