domingo, 17 de abril de 2011

Desanuviar...




Pausa para uma respiração semi-breve. Para atualizar os leitores e acalmar as afobações acadêmicas.

Bom, se eu disser que por aqui tá tudo tranquillo, não será eufemismo, mas sim hipocrisia.

À medida em que o fim do semestre se aproxima, me dou conta de que precisava no mínimo de mais uma semana pra conseguir fazer tudo bem feitinho. Mas bem feito pra mim! Quem mandou deixar tudo pra última hora? Eu e essa mania de achar que funciono melhor sob pressão.

Tanta coisa pra fazer que não sei por onde começar. Correndo contra os prazos, ontem terminei um trabalho e um livro pra amanhã. Ainda não comecei o trabalho nem as leituras de terça, pois sexta tem a conferência em que eu vou apresentar e também tenho que mandar bem ali, se quiser ser selecionada para futuras apresentações em Conferências de Estudos Latino Americanos. Barra.

E terça, para animar esse desânimo, chegam sogrão e sogrinha!!!!

Por outro lado, já tô com a consciência pesada por antecedência, pois sei que serei uma host ausente, com aquele humor que vcs devem imaginar - principalmente agora que parei de fumar. E pra piorar, eles vão ficar só uma semana! Ou seja, não vai dar nem tempo de eu curtir os meus in-laws.

Mas pelo menos vai ser bom pro Bruno... terá a exclusividade do colinho dos pais sem a interferência incomoda de minha amada pessoa.

Dizem as más línguas que o Bruno acha que seus pais gostam mais de mim do que dele! Claro que não é verdade. Principalmente agora, em que não sou mais aquela garotinha linda e adorável, mas sim ocupada, mal-humorada, cheia de despudores e pedanditsmos acadêmicos!

Nem eu tô me aguentando, gente, talvez até por isso tenha evitado de escrever aqui. Mas a boa notícia é que daqui um ano estarei à beira da loucura, pronta pra pular no pescoço do meu diploma. Daí será a vez do Bruno enlouquecer com mestrado.

Enfim, quero ir pro México e pro Peru e pra Portugal e Pra Espanha e pra Inglaterra e pra Alemanha e pra Itália e pra França. Viajar e aprender vivendo, não estudando.

Mas essas já são outras histórias. Voltarei para o calabouço acadêmico! Uma ótima semana a todos!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Ferramentas Modernas para o Ensino de Segunda Língua.






Este semestre meus alunos estão fazendo uma pesquisa sobre aspectos culturais do Brasil. Além da pesquisa, eles precisam preparar um power point e uma breve apresentação oral. Claro que em Português. Os assuntos que eles escolheram são os mais variados. Capoeira, Escravidão no Brasil, Cinema Novo, Tropicália, Chico Buarque, Carnaval, Festa Junina, e por aí vai...


Na conferência que fui no mês passado, uma das professoras mostrou os trabalhos que ela tem desenvolvido com seus alunos usando essa maravilhosa ferramenta: o Voice Thread. Fiquei encantada. Ao invés de fazer apresentações orais (que, na hora H bate aquele nervoso, dá branco, pigarro, tosse, coceira, paralisia, dor de barriga), eles podem gravar as falas no conforto de casa, quantas vezes quiserem, até ficar bom. Daí é só chegar na classe e mostrar o trabalho. Graças à tecnologia das universidades americanas, todas as salas de aula têm computador, telão, acesso à internet... uma beleza!


Fiz esse exemplo pra mostrar como funciona. Depois posto aqui o resultado do trabalho dos meus pupilos.