domingo, 17 de fevereiro de 2008

14/02/2008 - Valentine’s Day


Hoje fiquei meio deprê o dia todo… não consigo tirar toda essa merda da cabeça… insônia, mal estar, falta de apetite, solidão… tô um caco e a Amber ficou aqui me paparicando.


Durante o dia recebi várias mensagens de Happy Valentine’s Day dos meus amigos americanos, mas obviamente eu não tinha muitos motivos pra ter um dia feliz, com meu Valentine tão longe de mim e com tanta encrenca mais perto do que eu gostaria.


De tardinha consegui tirar uma soneca e acordei com meu sogrão no telefone. Falei com ele e com a Fátima e logo depois o Bruno ligou! Assim meu dia começou a fazer mais sentido, mas enfim, já era noite.


Então tomei um banho e fui com a Britaney no Snake River Saloon, a banda de um amigo dela ia tocar e eu estava em casa o dia inteiro e pensei, por que não tentar me divertir, chega de ficar em casa chorando.


Chegando lá encontrei o Kevin, aquele americano em quem há algumas postagens atrás eu dei um fora e que nunca mais tinha visto. Ele foi um grande idiotinha, acho que porque não conseguiu superar a rejeição. Mas eu não tava nem ligando, tava comendo um delicioso sanduíche e esperando minha vez na sinuca, não tinha tempo nem disposição para considerar babaquices alheias.


Finalmente fui jogar e o vencedor da última rodada disse: we are playing for shots. E eu respondi: Ok! Great! Let’s play, dude. E é óbvio que eu ganhei e ele me pagou uma Heineken. Ganhei vários jogos seguidos e tava mandando tão bem que não vencia tomar minhas long necks. Então passei a cobrar shots de tequila, até que fiquei retardada e perdi… mas a banda ia começar a tocar, então, perdi na hora certa.


Boa banda, os caras tocavam covers de clássiscos do rock, mas não fiquei muito tempo porque tinha que pegar o último ônibus pra casa. E como não era o Drew que estava dirigindo o EASE bus, tivemos que descer no ponto e caminhar até aqui… pelo menos ultimamente não tem feito aqueeeeeele frio, so it was not that bad.


Cheguei em casa e empacotei. Primeira boa noite de sono após o terrível episódio de três dias atrás. Bom, minha gente, é isso! Não se preocupem tanto comigo, eu tô sabendo me virar bem, melhor do que eu imaginava. E assim vou levando, até o dia do Bruno chegar, e até o dia de chegar aí e reencontrar todos vocês!

Nenhum comentário: