terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

A primeira segunda-feira

Lula e Camarões de entrada em nosso jantar no Bravo! Restaurante Italiano chiquérrimo.

Acordamos às sete horas, o Bruno foi pro banho e eu fui preparar o café. Foi o primeiro dia de trabalho dele, e para mim foi o dia de maria.

Mas assim, um Mary day sofisticado, com direito a voltar pra cama depois que o Bruno saiu e ler um pouco do Marley & Me que eu comprei por sete dólares no mercado. Depois passei um café colombiano que nem é tão gostoso como falam, mas também longe de ser ruim, e comecei a lavar roupa. Lerê, lerê, arruma a cama, lerê lerê, lava a louça, lerê lerê, bota a roupa na secadora e outra leva de roupa na máquina, sobe e desce escada, passa aspirador de pó, tira o pó, varre a escada, ufa! Pausa para o almoço requentado da janta que sobrou de domingo.

Ligo a TV no noticiário local, que mais parece uma piada. O que eles noticiam aqui: um buraco na estrada, um cachorro perdido, um condomínio sendo processado porque as piscinas e áreas comuns porometidas não foram construídas, um acidente de carro sem mortos ou feridos... êta vida besta! Que delícia.

Depois de tudo arrumado, tomei banho e me arrumei pra dar uma caminhada, mas quando saí estava chovendo e eu pensei, por que não ficar em casa? Li mais um pouco, assisti mais um pouco de TV, resolvi duas palavras cruzadas ridículas de fáceis (aliás, o primeiro que vier me visitar favor trazer Coquetel nível difícil), e sentei pra começar o blog.

Lá pelas seis o Bruno chegou do trabalho, bem satisfeito e feliz. Depois de mimos e amassos no sofá, saímos comprar o cabo pra ligar nossa internet. Aproveitamos e compramos a primeira temporada dos Simpsons. Jantamos num restaurante italiano e voltamos pra casa.

De noite a vó Diva e o Ivo ligaram, assistimos a três episódios simpsonianos, escovamos os dentes e fomos nanar!

2 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Mas que coisa - essa menina já colocou mais um post e ainda não liberou os meus comentários - assim desisto de comentar...

Veja a diferença dos nossos noticiários: rapaz de 22 anos é assassinado em Caiobá - sua namorada de 23 é estuprada e também leva tiro; rebelião na maior favela paulista - capitão da polícia leva tiro na barriga, mas o secretário de segurança diz que está tudo sob controle - dos traficantes, mas sob controle; acidente com ônibus mata não sei quantos, não sei onde (é só procurar um pouco que você acaba achando uma notícia dessas). É a nossa "terrinha".

Agora, com esse jantarzinho de vocês, não vai ser fácil se controlar, hem? (e se não se controlarem, em dois meses vão ficar que nem daqueles americanos bem "magrinhos"...).

Beijões do Sogrão, triste porque não teve comentários aprovados...

Panda disse...

é verdade... essa nossa terrinha tá triste, disso certamente não vou sentir saudades.

E não se preocupem, embora a gente esteja esbanjando, nossas refeições estão comedidas.