terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Nhoque, nhoque, nhoque, hmmmm....

Não tentem lamber a tela do monitor hein... hehehe


Após um dia de Maria daqueles, nada melhor do que descansar um pouco e sair jantar fora para não sujar nada, certo?

Errado! Ao que tudo indica ontem eu estava sofrendo constantes reações óxido-redutivas (princípio das pilhas galvânicas ou voltaicas, vulgo, Duracell) e não parei quieta até meia noite. O Bruno chegou e tratou de finalizar os projetos caseiros, equanto eu fui pra cozinha preparar a janta: um delicioso nhoque de primeira viagem ao molho de coisinhas gostosas. Em homenagem a minha tia Stefânia e ao tio Jorge Lemos, que têm uma história de nhoque parecida com a nossa da lasagna. E viva o amor!

O nhoque foi um sucesso, tirando os primeiros que ficaram grandes e crus por dentro. Felizmente conseguimos ajustar este defeito, partindo cada unidade ao meio. Peguei a receita por internet: purê de 6 batatas, 1 gema e farinha para dar liga. O molho fiz com cebola picadinha, 3 dentes de alho esmagados, 3 colheres de shoyo e 2 tomates sem semente picados. Uma pitada de açúcar mascavo para cortar a acidez, 3 colheres de extrato de tomate pra dar uma cor, muito cheiro verde e uma boa pitada de pimenta do reino. Foi demais, gente. Profissional. Até pensei em fazer nhoque pra vender.

Depois de encher a pança, me deparei com a cozinha (que eu já tinha limpado com tanto esmero antes) virada de pernas pro ar. Era farinha no chão, farinha no fogão, farinha no balcão... Depois que terminei de limpar a cozinha, notei que quem estava enfarinhada era eu. Tinha meleca de nhoque na roupa, no braço, no chinelo... e gruda a danadinha da massa! Pensando bem, fazer nhoque pra vender, não!

14 comentários:

Anônimo disse...

Hummmm, me deixou com agua na boca, que delicia..
adorei a receita e num tempinho vou pra cozinhar fazer a tua receita.Vc é beemm corajosa de cozinha limpa, voltar pra lá e sujar tudo de novo... aiaiai, vc tem me inspirado muiito.bjokas no coração, vou pra cozinha fazer bolinho de chuva e cha. bjokas
Aline

Panda disse...

Nem me fala, Aline... acho que essa vida de dona de casa está me deixando hiperativa. Pode fazer a receita que vai fazer muito sucesso, a massa tem que ficar em ponto de massa de pão de queijo, e ela gruda, hein, cuidado! E não vai sal no molho mesmo, só na massa da lasanha um salzinho pra dar gosto, e na água também, sal grosso pra cozinhar. Hahhahaha... tô me achando a cozinheira! bjos

Alessandra Pilar disse...

Hum, deu água na boca mesmo! Eu também vou roubar essa receitinha. Adoro nhoque e não encontrei nenhuma receita que tenha dado certo. Não sei se o problema era das receitas ou da cozinheira, mas enfim vou tentar a sua, depois te conto se deu certo. Aqui amainou o calor e adivinha: CHUVA! Hoje fiz pastel de banana com açúcar e canela pro lanche da tarde e com massa de um amigo pasteleiro. Acho que o teu blog tá virando quase uma Ana Maria Braga... hahaha! bjos e que venha a páscoa e os coelhinhos, estou pronta pra eles!!!

Panda disse...

Olha, acho que o segredo é deixar o purê esfriar antes de colocar o ovo, o sal e a farinha. E esqueci de um detalhe importantíssimo, que é adicionar queijo ralado na massa do nhoque também. Eu coloquei bastante, tipo, meia xícara, antes de misturar a farinha. Hmmm, pode fazer que vai dar gosto! Adoro pastel de banana!!! Tb fiquei com água na boca... hehehe
Bjos

Ivo e Fátima disse...

Sograo tristao ainda em Miami.

Trsitao porque fui passado para tras e fui terceirinho, e tambem porque ainda estou aqui parado, so que ao inves das pessoas ai no Brasil so vendo carnaval, eu aqui so vendo aviaozinho subir. Gozado que nao vejo aviao descer... Como alguem (me desculpe - nao me lembro quem...) comentou que ja esta na metade no livro "novo", tambem ja consumi umas 170 das mais de 300 paginas do que eu trouxe para ler nas noites de solidao aqui nos EUA enquanto nao chego ai em Chrlotte.
Estou ficando muito lamentao...
Depois de almocar (pelo menos o almoco foi gratis, pago pela AA) uma Ceasar Salad "pasteurizada", servida dentro de uma caixinha plastica com molho industrial, ver a foto do Gnochi da redencao foi sensacional. Me deixa com agua na boca so de pensar o que a Pandinha esta reservando para minha chegada por ai. E olha que ela ainda vai ter mais 3 dias de treino!!!
Bom, se tudo der certo, desco (nao tem cedilhas nem nada de acentuacao nesses computadores americanos)agora para ver se o voo em que me colocaram vai mesmo sair.
Beijos a todos, tanto os de Charlotte quanto os do Brasil fas do blog que tambem leem os comentarios.

Anônimo disse...

Nossa, empenhada mesmo!!! Eu vou tentar fazer o molho igual ao seu mas a massinha vou comprar pronta (só dessa vez, hehehe).

Nossa casinha nova está praticamente arrumada, finalmente temos nosso lar doce lar novamente.

Vou ter uma conversa séria com minha madre e se ela não vier vou ter que me apressar em ir visitá-la, pois meu visto vence no próximo ano. Daí vc terá a chance de ver seu sobrinho, lindooo, em solo americano e conhecer NY (acho q vc ainda não conhece). Se bem que viajar com ele sozinha vai ser um puta empenho!!!

Bjs
Evi

Panda disse...

Ifinha, para sua estadia aqui já estou preparando o menu. De jantar né, porque provavelmente vamos almoçar fora pois vamos passear bastante durante o dia.

Jantar de sexta, aqueles camarões, purê de batatas com verduras e legumes da estação.

Jantar de sábado: pizza mais americana de todas (peperone), com massa caseira e salada americana de alface, cenoura, crutons, queijo parmesão e molho ranch.

***

Ai, Evi, venha, venha, venha! Vou adorar encontrar vc e o Vitinho e sua mãe em Nova Yorque, já imaginou, que podre de chique? Se bem que realmente, se o Elânio não vier junto, vai ser complicado, né? Mas ah... não impossível!

Tete disse...

ai, ai, aiiiiiiiiiiiiii
que fome me deu! Este nhoc realmente ficou uma maravilha! A sujeira eu sei bem como é...já tive esta experiência.
Gostei do Menu para o sogrão...ele merece!
Beijos

Talita disse...

è isso aí Pandinha, se esmere pra não decepcionar o sogrão, depois de tantos contratempos ele merece um menu caprichado.O nhoque ficou de dar água na boca não só pela receita nota dez, mas pelo visual também.DonDalieta fica muito orgulhosa da filhota que tem e o Bruno muito grato, rsrs

Panda disse...

Teté! Viu que o sogrão vai ter tratamento vip, né?

E Dondalieta, eu estou aprendendo muito bem, mas nunca consegui fazer aquele arrozinho e aquele molho de salada que só vc faz... bjos!

Bernadete disse...

Enquanto o sograo consegue manter sua poli position (ou quase), eu mantenho meu ultimo lugar. Não sei como essas pessoas conseguem estar o tempo todo plugadas...
Mandei pelo Ivo um livro com novas receitinhas pra vc se esmerar e se esbaldar na cozinha!!!
Bjs Bernadete.

Panda disse...

Oba Bernaaa!!! Obrigada!!! Receitinhas vegetarianas? Hehehehe
Beijos!

Anônimo disse...

Eu tb sempre tento fazer aquele molho para salada, mas como o de DonaDalieta não te igual...

Bjs
Evi

Anônimo disse...

Meio atrazada mas....o nhoc está de lamber a tela! To morta de inveja do Ivo....
Sogrinha beijos