terça-feira, 24 de março de 2009

Fora, Povo!


Pesquisa recente concluiu que a elite brasileira é mais moderna, ética, tolerante e inteligente do que o resto da população. Nossa elite, tão atacada através dos tempos, pode se sentir desagravada com o resultado do estudo, embora este tenha sido até modesto nas suas conclusões. Faltou dizer que, além das suas outras virtudes, a elite brasileira é mais bem-vestida do que as classes inferiores, tem melhor gosto e melhor educação, é melhor companhia em acontecimentos sociais e é incomparavelmente mais saudável. E que dentes!

A pesquisa reforça uma tese que tenho há anos, segundo a qual o Brasil, para dar certo, precisa trocar de povo. Esse que está aí é de péssima qualidade. Não sei qual seria a solução. Talvez alguma forma de terceirização, substituindo-se o que existe por algo mais escandinavo. As campanhas assistencialistas que tentam melhorar a qualidade do povo atual só a pioram, pois, se por um lado não ajudam muito, pelo outro o encorajam a continuar existindo. E pior, se multiplicando. Do que adianta botar comida no prato do povo e não ensinar a correta colocação dos talheres, ou a escolha de tópicos interessantes para comentar durante a refeição? Tente levar o povo a um restaurante da moda e prepare-se para um vexame. O povo brasileiro só envergonha a sua elite.

Se não tivéssemos um povo tão inferior, nossos índices sociais e de desenvolvimento seriam outros. Estaríamos no Primeiro Mundo em vez de empatados com Botsuana. São, sabidamente, as estatísticas de subemprego, subabitação e outros maus hábitos do povo que nos fazem passar vergonha.

Que contraste com a elite. Jamais se verá alguém da elite brigando e fazendo um papelão numa fila do SUS como o povo, por exemplo. Mas o que fazer? Elegância e discrição não se ensina. Classe você tem ou não tem. Mas o contraste é chocante, mesmo assim. Esse povo, decididamente, não serve.

Se ao menos as bolsas-família fossem Vuitton…

***

Eu adoro esta crônica do Luis Fernando Veríssimo. Ela ironiza, de uma vez só, o povão, a elite e o governo. Mas é de se questionar se, por trás de tanta ironia, não há um quê de verdade nesta vontade de mandar embora o povo. Eu confesso que às vezes trago comigo um profundo desprezo pela humanidade - não só pelo povão, mas também pela elite e pelo governo. Fora, todos!

Enquanto o povo, mesmo passando fome, se multiplica, a elite se ocupa com regras de etiquetas e com falsas aparências. O governo, por sua vez, fica livre para continuar se corrompendo e reforçando este modelo patético de sociedade. O patético em si não é o modelo tripartido em governo, elite e povo, mas sim, que tipo de governo, que tipo de elite, e que tipo de povo. Afinal, há de se lembrar que transformar a sociedade numa massa homogênea de poder é algo, mais que utópico, estúpido. Vide todas as tentativas de se implantar regimes socialistas e comunistas na Rússia, em Cuba e na China, por exemplo. A Rússia ainda conseguiu se recuperar. Mas Cuba está num buraco até hoje. E na China todo mundo, exceto aqueles que estão no poder, é miseravelmente igual.

Aqui a gente ainda pode desfrutar dos prazeres democráticos de liberdade. A gente pode falar mal do povão e da elite, e também pode falar mal do governo, de sua incompetência para administrar o país. Não seremos fuzilados e nossos pais nunca terão de pagar pela bala de fuzil que o governo usou para te matar (o que, ouvi, acontece na China). Vivemos uma democracia! E assim sendo, o povo elege o governante que merece. Se o Lula está aí, é porque, antes dele, o povo é burro. Culpa do povo! Fora, povo!

Nós, que somos parte da elite, cheia de dentes, de boa educação, de hábitos comedidos, somos a camada da população de onde deveriam surgir cabeças pensantes para provocar uma mudança, antes, em nossa própria classe, para quem sabe depois tentar mudar o povo e governo. Mas daqui não sai mais muita coisa não.

É que o sujeito pós-moderno é individualista, perdeu a noção do todo. A elite pós-moderna é indiferente a tudo. E o povo aquela calma, a calma da ignorância. Bem aventurados os ignorantes, pois deles será o reino dos céus. A gente, da elite, vai queimar no mármore do inferno. Porque supostamente temos subsídios maiores para tomarmos atitudes para o bem comum, mas não hoje não, muito obrigado.

Tem uma música do meu sobrinho Yan que diz: "Vejo que o mundo inteiro poderia explodir nas suas costas e você não daria a mínima" e outra parte diz "A indiferença pronta pra trazer o fim, tanto faz, tanto fez pra mim".

É esse o sentimento atual da juventude elitizada, pensante. Apenas se constata que um fim está próximo, mas, e daí? Tanto faz pra ele, pra mim, pra você que está lendo este blog ou vendo TV, ou bebendo no boteco. Não temos mais vontade de mudar nada. Porque descobrimos, com tanta informação, que o mundo não tem mais jeito. Não há uma gota de esperança.

Estamos apenas completando mais um ciclo que em breve findará, dando início , quem sabe?, a uma harmoniosa nova era. As histórias se repetem. Usando a alegoria bíblica, antes era o caos. Depois veio o Eden. Depois do pecado original, as tribos, que se tornaram grandes civilizações que, hoje decadentes, estão imersas no caos da pós-modernidade.

Quem sabe se novo Eden se formará? Quem sabe se haverá juízo final? Ninguém sabe, e quer saber mais? É óbvio que não! Ninguém quer saber! Fora, Panda! Vai estudar que você ganha mais.

20 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Como diz a Pilar, rrráááá

Here I am again.

Primeirão

Sogrão

Ivo e Fátima disse...

Pandinha!

Crônica maravilhosa, inclusive pela adoção do texto de um Veríssimo nos seus melhores momentos.

Mas não se desespere. O Canadá ainda existe... (estou meio na dúvida em relação à Suiça, depois da confusão que aquela brasileira aprontou por lá - péra - tá certo - a culpa não foi dos suíssos).

E você está certíssima, nóis que sumo daselite sumo muito acomodado. Nem para um jornal escrevemos para expressar o nosso descontentamento com o atual status quo. Só reclamamos entre nós, e eventualmente no blog de algum amigo.

Vamos ver então o que nos reservará a nova era, porque como diz a piada, nem deus (e ele existe?) conseguirá resolver a situação do Brasil dentro do seu "mandato".

Beijos do Sogrão

Panda disse...

Ifinha!!! Recuperando a pole, parabéns! Esta disputa está muito acirrada!
Hein... Que fim que deu o negócio da brasileira na suíça? Ela só era maluca e queria atenção, ou foi mesmo vítima de neo-nazistas suíssos?
E notei uma pitadinha de sarcasmo na parte do jornal, corrija-me se estou enganada! Mas sim, a carapuça serviu direitinho... hehehehe... bem, para sua informação, mandei um texto pra gazeta. Mas ninguém falou nada! Só me deram um número de confirmação. Nhé. Vou mandar outros. vencerei-os pelo cansaço!!!
Rá!

Panda disse...

então, falando em Deus... Tá passando uma propaganda na CNN em que o locutor diz assim: "enquanto todos os governantes assumem que não haverá precedentes para a crise atual, há um que afirma o contrário". Daí aparece a foto do Lula! A propaganda anuncia uma entrevista com ele... tenho que perguntar pro Bruno quando será, porque essa não vai dar pra perder.

Anônimo disse...

Adorei a crônica!
Realmente é uma pena ficarmos reclamando só entre nós, mas a maioria da população nem isso faz e também não lêem jornal, só o caderno de esportes e de assassinatos, é claro!
Falando de coisa boa, acho q vou praí em maio e fiz uma cotação dos preços das passagens, o melhor valor para Charlotte é por Newark, então acho q vou pegar uma carona com sua mami até lá! Vc sabe a quantas anda o visto dela?

Bjs
Evi

fatima disse...

Sem comentários, é demais pra minha cuca torturada. Só estou com saudades, só isso e a culpa não é minha é de vocês que foram embora. Tchau e benção.
Fafa

Panda disse...

Evi! Que legal... não sei a quantas anda o visto da mami, vamos esperar ela vir aqui pra responder. Evi, vc quis dizer POVO com a maioria da população né, heheehehe...

Fatiminha, tá com a cuca tortuada módiquê? Dor de cabeça? Preocupação? Saudade, só isso? Nós também estamos. To até fazendo uma música. Aguardem!!!

Anônimo disse...

Xanda, nuitendi... Comu assim eu disse povo?
Bju
Evi

Ivo e Fátima disse...

Qua qua qua.

Esses comentários estão prá lá do samba do crioulo doido...

Torturada, tortuada, sarcasmo com o jornal, Povo, como assim povo, deus = lula na cnn, nuintendi...

Qua qua qua de novo. Rsrsrsrsr é muito pouco para tudo o que aconteceu por aqui, inclusive esse novo comentário mais do que maluco.

Será que estou alto? Ou foi só o uisquinho? Uisquinho? Qua qua qua de novo!

Nossa - será que estou vendo todas as cores? Me sentindo leve? Marijuana nele... Ou será ácido?

Oh mami Talita - o Sogrão endoidou! Puxa vida, o que fui desencadear, pensou a Pandinha linda.

Enquanto isso, na sala da justiça, o Super Sogrão só ria... A Pilar ainda não apareceu.
Imaginem o que será do amanhã quando a vó Vivinha aparecer e imaginar o que será que aconteceu com o filinho sempre tão equilibrado? Será o famoso efeito sogra? Nem Chico Xavier explica. Explica? Cruiz credo, que locura meu.

Mas, como diria o Faustinho, sai uma picanhinha mesa 2 - só para a diretoria. Essa foi só para os iniciados.

Em resumo, nóis sofre mais nóis goza.

Pandinha, Beijos do Sogrão hoje malucão.

Sogrão

P.S.: terá sido efeito da retomada da pole (tadinha da Pilar...)? Ansiedade pelo iminente reinício do Mundial de F1? Regogizo pela vitória de Jaime Melo na GT2 das 12 Horas de Sebring? Ou será que está meio puto pelo domínio do R15 TDI? Ora, acho que não, o que são 22 s sobre o 908. Talvez seja uma exarcebação de todo o amor pela Fátima? PQP, o negócio não está fácil. Na realidade, acho que o negócio todo é resultado do renascimento do Renan no senado. Será? Nunca tive ilusões sobre a honestidade do probo senador alagoano. Ih - acho que o ecstasy está dando algum efeito colateral tao inesperado quanto inadequado . Chama o Grisson, talvez nem Freud explique. E olha lá - o Jornal Nacional acabou de anunciar algo que eu já sabia - a FIA desiste das mudanças radicais na pontuação do campeonato pilotos da F1. O pior é que a TV agora está dizendo para acreditarmos em nosso país. Mas com essa elite? Péra aí, mas eu não faço parte da tal da elite? Oh não - vou começar tudo de novo - é melhor parar.

P.S.2 - Beijos Pandinha - espero que tenha gostado da brincadeira. Na realidade, só quero que você continue amando o Bruno - eu sei que o guri não é fácil. Felicidade a vocês dois. Long life the King. And the Queen. E viva a vida louca.

P.S.3 - agora a sogrinha está reclamando do cheiro do ovo que se espalhou pela casa por causa do omelete que ela pediu para a Fátima fazer. Oh vida, oh azar (assim falou aquele personagem dos desenhos).

P.S.4 - E viva Santos Dumont. Abaixo the Wright Brothers (que começaram a mentira deles aí pertinho de vocês).

P.S.5 - chega

Tchau

Alessandra Pilar disse...

Bom, vergonhosamente passada pra trás pelo Sogrão né?? Cá estou eu. Antes tarde do que nunca. Lula na CNN? Essa eu queria ver, o que será que o nosso presidente vai falar, aff. Tenho até medo de imaginar. Mas depois vc conta pra gente tá?
Quanto à sua crônica, amei. Estamos realmente precisando trocar todo o povo brasileiro, quem sabe não damos um upgrade, né? Será que isso é possível nesse país? Sinceramente não acredito mais. Ninguém tem mais esperança de mudar a realidade brasileira, é muito tempo vivendo na mentira que o brasileiro se acostumou. Brasileiro não tem peito pra mudar a situação, vende seu voto por qualquer trocado ou favor político. É um bando de gente ignorante no poder, fazendo pelo próprio bolso às custas do povão. Bem feito pra nós que deixamos.
Bjos Pandinha.

PS: Recadinho pro Ivo: os últimos serão os primeiros!!!! hehehe

Panda disse...

Evi, vc disse que a maior parte da população não lê jornais, a não ser a folha de esporte e de assassinatos. Leia-se o POVO não lê jornais, a não ser... sacou????

Ifinha!!! Se antes a coisa já estava "tortuada", agora sim que deu um nó na cuca.

Sobre Deus e Lula: vou esclarecer tão logo encontre a charge que me inspirou tal relação, para a piada fazer mais sentido.

Sobre amar o Bruno, sempre e cada dia mais! Sobre o cheiro de ovo, baita coincidência, nossa casa também ficou rescendendo ovo (primeiro frito, mas deu tudo errado, grudou na frigideira, a escumadeira derreteu, jogamos tudo fora e fizemos ovo mexido, comemos com arroz, feijão e salada, uma janta bem brasileira).

E Pilar, nunca é tarde para comentar. Nossa, até rimou!

Beijos a todos.

Panda disse...

Sobre a liderança do Audi R15 TDI (peraí... R15 é uma metralhadora, um fuzil muito famoso nas favelas cariocas, não?) sobre o Peugeot 908 é demais pra mim, Ifinha, e acredito que para a maioria das comentaristas deste blog. Bem. Só posso falar por mim. E estou por fora!!! Não manjo nada de corridas automobilísticas!

Só o Grisson não vai rolar, Ifinha. Tem que ser toda a equipe do CSI pra desvendar o que causou estes devaneios no Blog.

Bão, agora vou terminar de tomar minha cerveja. Aahhh... delícia.

Tchau pra vocês.

Ana B. disse...

Noooooossa!
Foi só eu deixar vcs sozinhos uns diazinhos de nada que deu nisso!
Mas Panda, vc mais uma vez , fez uma análise brilhante. Que cabecinha privilegiada!
Beijos

Panda disse...

Ana! Seja bem voltada, como você pode constatar, o blog nào é o mesmo sem você.

Bjos

Talita disse...

Pandinha revoltada com o povinho brasileiro!!!ou será com a raça humana??? minha mãe sempre dizia, e a mãe dela também:"O mundo jaz no maligno", e acho que elas tinham razão, pois a coisa piora mais e mais.Tenho medo do futuro pelos meus netinhos, qual será o legado que deixaremos aos nossos queridos?A falta de perspectiva, a violencia, o descaso, a ganancia, imcompetencia e a corrupção dos governantes??? recebi um email de um amigo hoje, sobre a indignação de um empresário gaucho que foi obrigado a pagar ao INSS soma altíssima com multa juros, por ele custear Faculdade aos seus 280 empregados!O INSS achou que os gastoscom estudos dos empregados é uma forma de salário, e por isso penalizou o empresário, que faz o Estado tem obrigação de fazer e não faz ! É mole??? Daí a apatia e indiferença da juventude de hoje descrente e decepcionada com tudo.
Socorro!parao mundo que eu quero descer!!!Não livro o Canadá, nem a Suiça é tudo farinha do mesmo saco, já disseram que o que mais incomoda não é a crueldade dos tiranos mas o silencio dos homens de bem.Triste mas real.
Então vamos deixar assim pra ver cuméque fica né mess?Eu acho que o inferno é aqui mesmo!!!hihihihhi (riso escarninho)
Seu sogrão tá certo Xanda o que vc foi desencadear!!! rsrs
Evi, meu passaporte está na estaca zero ainda,pois pedi minha certidão de nascimento em Jacui, que fica a 4hs daqui e AINDA não chegou!SEDEX!A gente paga caro por um servicin chinfrin, fazer oquê né? Amanhã vou ao correio despejar minha indignação nos funcionários que não podem fazer nada a não ser ouvir-me.Mas eu vou, demorei!
bye bye XANDEX e BRUNEX queridos!

Luiz Borges disse...

Panda! Muito bom! Realmente o individualismo do brasileiro jovem ganha espaços cada vez maiores, tão grandes quanto as áreas desmatadas que avançam em nosso nosso País. Infelizmente nossa população, em sua grande maioria, não se preocupa com duas coisas fundamentais para crescer e compreender seu espaço: a leitura e a História. Não basta somente a educação de casa e a Internet. O conhecimento de longo prazo é fundamental. Parabéns pela tua postagem e pelo teu blog.
um beijão do Filósofo-de-Pijama

Luiz Borges disse...

PS: Os comentários de Mestre I-vong Green Sogrão, se somados, dão outro blog dentro do teu. Hehehe...

Panda disse...

Mami, agiliza os processos aí, pois se esperar muito não vai dar pra tirar o visto! Vc viu que respondi seu e-mail? Graças a este empresário, cuja carta foi publicada em 1996 pela revista Exame, já foi sancionada uma lei que proíbe a cobrança de taxas sobre investimentos em educação e instrução de funcionários: "De acordo com a Lei nº 9528, de 10 de dezembro de 1997, os valores despendidos com a instrução dos funcionários não são mais levados em conta para o cálculo da contribuição social". Bjos.

Filósofo-de-Pijama! Tens toda razão! E pior! A educação que vem de casa está praticamente nula, cada dia mais relegada aos espaços escolares devido ao estilo de vida moderno, em que ambos os pais têm que trabalhar. E tendo em vista a situação precária das instituições de ensino e de seus professores, eis que surge uma geração sem caráter nem valores. A internet é uma ferramenta maravilhosa para quem sabe usá-la. Porém, a maioria dos jovens a utiliza somente como espaço social através de rede de relacionamentos, msn, ou para desperdiçar seu tempo vendo vídeos idiotas no youtube! Às vezes, claro, para copiar um trabalho pronto pra escola... tsc tsc tsc.

E sobre a leitura. Tenho lido artigos sobre história e geopolítica, e é incrível como quanto mais eu aprendo, maior é a minha compreensão de mim mesma e do que sou. E ao mesmo tempo, quanto mais eu leio, mas eu sei que tenho muita coisa ainda pra aprender, muitos livros pra devorar, muita história pra digerir... e isso me apavora!!! Hehehehe... beijos e obrigada por seu comentário.

eduardo disse...

Apoio Cuba eo país não esta no buraco,só tem seu desenvolvimento dificultado pelo embargo economico,veja o artigo retirado do Wikipédia:
O país agora está lentamente se recuperando de uma séria recessão econômica que se seguiu à retirada dos subsídios da antiga União Soviética (cerca de 4 a 6 bilhões de dólares anuais em 1990). Só em 2006 o povo cubano conseguiu recuperar quase o mesmo padrão de vida do final da década de 1980, e a economia de Cuba ainda hoje sofre as consequências do rígido embargo comercial, imposto pelos Estados Unidos desde 1962. De acordo com as autoridades cubanas, o embargo norte-americano teria causado uma perda de mais de 79 bilhões de dólares à sua economia.

Apesar disso o índice de pobreza de Cuba era o sexto menor em 2004 dentre os 102 países em desenvolvimento pesquisados (de acordo com a Pnud, organismo da ONU) [27], e Cuba está entre os 70 países do mundo que ostentam um alto Índice de Desenvolvimento Humano (acima de 0,800); em 2007 o IDH de Cuba foi 0,838 (51° lugar). Em 2006 o crescimento econômico de Cuba, segundo as últimas estimativas da CIA, foi de 11.1% (estimativa) [28], e segundo a estimativas da CEPAL [29] o PIB cubano pode ter crescido 12,5% (estimativa) [30] . A produção industrial cresceu 17.6% em 2006, pela estimativa da CIA. A renda per capita dos cubanos atingiu US$ 4.100 em 2006 [28].

O embargo comercial imposto a Cuba pelos Estados Unidos, desde 1962, dificulta enormemente a expansão do comércio exterior cubano. Mas Cuba tem conseguido atrair alguns investimentos estrangeiros, cerca de metade deles feitos pela União Européia; grandes investimentos têm sido feitos nas áreas de turismo, energia e telecomunicações. Em meados de 2007 o presidente em exercício, Raul Castro, anunciou novas medidas para incentivar os investimentos estrangeiros em Cuba

e mais...

Em 1961 se realiza uma campanha nacional para alfabetizar a população e Cuba torna-se o primeiro país do mundo a erradicar o analfabetismo (Segundo dados do próprio governo). Hoje não há mais analfabetos em Cuba. Segundo o The World Factbook 2007[46], publicado pela CIA, 99.8% da população cubana, acima de 15 anos, sabe ler e escrever.

e tenho dito,ou o wikipédia

saudades!!

Panda disse...

Dudu!!! Realmente, Cuba tem o menor índice de analfabetismo e é um dos países onde a medicina e a odontologia são muito avançadas. Mas ao contrário do Brasil e de outros países em geral, mesmo os médicos e os dentistas ganham pouco, porque todo mundo, independente do que faz, tem que ganhar mais ou menos a mesma coisa, com base nas premissas socialistas...

E de que adianta ter anafalbetismo zero, educação de primeiro mundo, se a população não tem sabonete, desodorante, pasta de dente, ou seja, esses artigos básicos para uma vida saudável?

Cuba tem um dos maiores índices de trabalho e prostituição infantis. E não raro vc encontra prostitutas médicas, dentistas, engenheiras...

GRANDES MERDAS!!!! O SOCIALISMO NÃO FUNCIONAAA!!!!

Mas pior o Brasil, que sem embargo ainda concorre com esses índices de trabalho e prostituição infantis e cuja educação figura entre as PIORES DO MUNDO!

Isso sim é uma vergonha...

Dudu, isso aí. O negócio é argumentar... beijos mil. Saudades tb!