sexta-feira, 25 de junho de 2010

Mamis linda...

Mamis e Brunior, meus dois amores...

Estou deprê. O Brasil tá jogando mal pra caramba. Odeio o Dunga mais do que odiei o Zagalo em épocas de copa. Mas às vezes temos que engolir... É, Pilar, assistir aos jogos sem o Galvão narrando é uma m... e sogrão! Este calor não deixa minha cerveja geladinha!

De repente bateu uma saudade de mamis e lembrei que foi aniversário dela dia 12 de junho, e liguei pra ela e prometi uma postagem especial, e aqui junho se vai, e nada de postagem nenhuma, muito menos especial, que prometi a uma pessoa ESSENCIAL. What tha hell am I doing?!

Oukéin... aqui então vai uma postagem especial para minha mãezinha, Dondaliet:

Querida mamis!

Esses dias atrás, arrumando as fotos, encontrei um álbum inteiro que você costumava carregar na sua bolsa... fotos de todos... fotos lindas, maravilhosas, você sempre tão lady, naquelas fotos parecia uma menininha! Em Jacuí, mãe! Naquela homenagem pro tio Dídimo... lembra? É, eu não fui naquela viagem... todo mundo que tava lá parece ter se divertido muito: Tati, Namur, Dário, Tiago, Saulinho, Gu, Guga, Gracinha, Fábio... família! Aquele álbum me desmontou... queria tanto ter estado lá. Queria tanto ter você aqui.

Foi muito bom ter ido pra aí e encontrado vc... mas foi triste também, ter que ir embora... e ver que muitas vezes nada muda, ou só piora... de ver gente que a gente ama inerte... sabendo que quem não anda pra frente, pra trás fica... eu hoje sei bem o que você sente quando vai pra Curitiba, mamis... a gente sente ao mesmo tempo que nosso lugar é e não é mais ali. É estranho.

Eu, graças à você, tenho o dom de me adaptar a qualquer que seja a situação. Trago um sorriso no rosto, mesmo quando um desgosto desponta por detrás da nossa máscara, resitente, tão sem rugas pelo tanto de preocupações presentes... mamis, nunca me esqueço daquele dia na praia, em Cananéia, em que quase morri afogada e o pai foi me salvar.

Você estava no carro, que estava estacionado na areia praia, com a porta aberta, e você com a faca e a laranja na mão. O pai ofegante, eu tossindo água e chorando do esporro que ele me dava, com o resto de fôlego que lhe restava. Naquele momento crítico, olhei pra você e, mesmo com os olhos embaçados de sol, de sal e de lágrimas, vi no seu rosto aquele sorriso simples, sincero, contido... aquele sorriso lindo... cortando a tampinha da laranja pra eu chupar. E perguntando, meigamente: quer? Você sempre soube o quanto eu gosto da tampinha da laranja... mas talvez nunca tenha sabido do quando eu gosto, tanto mais, do teu sorriso...

Mamis... amo você. Vejo a gente envelhecendo, ficando pra vó, pra tia, pra bisa, pra tia-avó... e quase me desespero porque sei que nada dura pra sempre... mas de tudo que é efêmero, nada fica senão a doçura dos momentos tristes e felizes, que felizmente, sempre abundaram entre nós.

Mãe, pra você sempre tão doce, gostaria de deixar uma postagem menos azeda, menos amarga de saudades e de saudades e de saudades e de saudades... amo você, ontem, hoje e sempre, sempre... infinitamente! Perdoa o saudosismo, o ranso, o gosto de guarda-chuva na boca. É que às vezes bate aquela ressaca... mas como tudo, passa!

11 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Primeirão!!!

Sogrão

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda

Vendo um jogo amarrado como foi o de hoje, qualquer um fica odiando o Dunga e com saudades da mami...

Beijos do Sogrão

Alessandra Pilar disse...

Oi Panda, saudade é realmente um sentimento que deixa a gente meio amargo. Mas mesmo assim, você fez uma linda homenagem pra mãezuca Talita! E aproveita, curta muito essa mamys menina e cheia de saúde que vc tem, antenada e sempre pronta pra uma aventura. Posso te dizer de carteirinha que a ausência delas em nossa vida muda tudo, muda o ar que respiramos. Aproveita, amiga! Dias difíceis sempre existirão, mas sempre tem o dia de amanhã onde a ressaca não terá mais lugar!
bjocas lindona... fica bem.

Anônimo disse...

Foi um jogo equilibrado o de ontem :)*

Talita disse...

Ah filha querida, essas lembranças sempre nos fazem chorar...
Ainda bem que temos muita coisa boa pra recordar também, como daquela vez que, numa de nossas idas a Tremembé, no ônibus você começou a ler os anuncios nos outdoors da BR,na saida de Curitiba: -Fiii - res - to - nee...

Eu boquiaberta perguntei: -Você sabe ler mesmo??!! e dizendo que sim coma cabeça ia lendo as propagandas que se sucediam...e a Tati empolgada:Mãe foi eu que ensinei! Aí foi só alegria, as pessoas ao redor riam e me cumprimentavam, você tinha apenas pouco mais que 4 anos!
Voce continuou depois lendo em voz alta,(você sempre foi desinibida) um livro de historia que lia sempre pra mim,que, idiota, achava que era decorado...
Obrigada filha amada pelas doces memória que me traz, você principalmente.Os outro filhos também é claro, mas voce sempre foi mais doce, desde bebê...

Por essa e por outras "sweet memóries" é que penso tudo valeu a pena, agradeço a Deus por tudo que me deu, até os sofrimentos.
Sabe o que eu quero ainda?Ouvir minha bisneta me pedindo: Bisa,eu quero a laranja com tampinha!

tem coisa mais linda e doce, doce Xandinha?

beijos com gosto de sal...

Amandha disse...

Estava sentindo falta das postagens...
Que lindo isso, a Talita merece mesmo :D
Beeeijo

(a Alice esta apaixonada pela Minnie que vocês deram pra ela haha)

Talita disse...

Voltei pra dizer que ontem fiz comentários sobre suas férias do blog falando da fraco desempenho da nossa seleção e de todas em geral.Mas ao enviar, as letras de acesso, o "captcha" tinha desaparecido e acabei perdendo o texto apesar de ter tentado salvar com ctrl c e v, rsrs
O cp daqui também não ajuda.
Uma amiga de NSNM me mandou isto que achei emengraçado:

BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES
A seleção do DUNGA está deixando o brasileiro muito ZANGADO. Embora se ache um MESTRE, nosso anãozinho insiste em não fazer o povo FELIZ.
Esse futebol DENGOSO, molenga, está deixando a torcida com muita SONECA, e com o clima frio, todos estão ficando... ATCHIM!... gripados.

BRANCA DE NEVE já avisou:



- Se continuar assim, dia 25 de junho vamos todos cantar:


- EU VOU, EU VOU, PRÁ CASA AGORA EU VOU...
PARARÁ TIM BUM, PARARÁ TIM BUM, EU VOU EU VOU...

boa né messs? kkkkkkkkkkkkkkkk

Flávio Jacobsen disse...

Xanda, saudades de te ler. Querida, pra aplacar a melancolia que te assola, te digo: eu não sei se o Bruno seria exatamente o cara que eu escolheria pra casar com uma filha minha (hehehe). Mas certamente, você é uma filha que eu gostaria de ter. Grande beijo aí pra todo mundo, e dá um desconto pro Dunga. ;)

Fatima disse...

Xandica, chega de saudade que a realidade.... só pra dar uma introdução musical. Que linda declaração de amor saudade para a Talita, ela merece e você é mesmo um doce de flha, de esposa e de nora.
Futebol...amanhã tem mais, e tomara que continue tendo ou vamos ter de dar uma maçã envenenada para o Dunga.
Uma beijoca da Fatimoca

Alessandra Pilar disse...

Ei, que susto quando venho dar uma espiada e o blog tá de cara nova!!!! Que legal!!!! Adorei!
bjos e vai Brasil!!!!!!!

Talita disse...

Muito boa essa mudança.Ficou mais rápido pra entrar e pra postar também.
Ia mesmo falar pra vc sobrea demora em acessar...o do tio Jorge é bem mais rápido, agora sim o seu também.
bjs