quinta-feira, 3 de junho de 2010

Quem é vivo sempre escreve!

Pôr do sol no Aeroporto Internacional Afonso Pena

Ufa! Quase uma semana depois de nosso retorno, eis que ainda não tive tempo pra sentar e atualizar o blog... desde que chegamos aqui muitas novidades ocorreram, portanto não sei se faço uma postagem pra cada etapa - tanto da viagem quanto do retorno - ou se enfim escrevo tudo de uma vez.

Se bem que escrever tudo de uma vez não dá... ia ficar um textão enoooorme e ninguém teria saco, nem tempo de ler. Fica então decidido que escreverei em cada postagem vindoura uma parte da história que vivemos aí em Terra brasilis, até nosso retorno recheado de boas surpresas que felizmente por aqui nos aguardavam!

Mas antes de tudo, gostaria de agradecer imensamente a acolhida de vocês, todo o carinho recebido, e também a compreensão daqueles com quem não pudemos nos encontrar durante nossa breve estadia na terrinha. A verdade é que o tempo foi curto, mas mesmo assim aproveitamos bastante, não temos nada do que reclamar.

Só agradecer... a caminha deliciosa feita especialmente para nós, as delícias gastronômicas preparadas para nosso agrado, os presentinhos e mimos que recebemos, a sonora acolhida dos fãs de Criaturas em nosso show, enfim, as festas todas!

Até as próximas postagens, já com saudades...

5 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Primeirão

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda!

Como nossa casa ficou vazia!!!

Beijões saudosos do Sogrão.

Fatima disse...

Xandinha, estou com a sindrome do ninho vazio! Que nome mais besta para saudade! A Vó adorou ver a foto dela lendo o jornal, claro que fez uma cena que tá muito velha etc....mas que curtiu, curtiu!
O tempo foi mesmo muito curto, não deu para fazer bolo com amorinhas colhidas no parque... ontem passei lá e tá cheio! Não deu para ir comprar a bota...não deu para tanta coisa....mas foi tão bom que nem sei dizer.
Um beijo já recheadinmho de muuuiiiita saudade.

Talita disse...

Queridos, eu é que agradeço a felicidade que vc nos proporcionou atodos com suas presenças tão esperadas.Pelos presentes, pela força moral, enfim por fazerparte de nossa família;Pena que foi tão rápido.
Acabei ficando sem meus livros da Opereta, o Gu vendeu todos inclusive os meus, pode?
Com quem posso arranjar alguns, quando lá retornar?
Beijos saudosos!

Panda disse...

Pois é sogrão... mas ao menos uma vez por ano iremos aí agitar esta nobre residência!!!!

Fatiminha, aqui todos já aguardam ansiosamente sua chegada. E quando digo todos, é eu, o Bruno, toda a culdesac da Whitewood Trail, e o John!

Mamis, que pena que não deu pra gente ficar o tempo todo juntas... mas te aguardo por aqui no próximo verão, daí vamos nos curtir ao máximo do jeito que eu gosto, sem precisar te dividir com ninguém, hehehe... te amo, mamis linda!