quinta-feira, 9 de julho de 2009

Os detalhes da conquista!


Então minha gente, esses dias eu não tenho atualizado meu blog porque na verdade estou aproveitando bem os meus últimos dias de férias, ou seja, não estou fazendo absolutamente nada, embora esteja acordando diariamente às 5 da matina pra fazer café da manhã pra esses dois malucos - Bruno e Arthur (nosso hóspede até a vó e o Daniel chegarem) - que querem chegar no trabalho antes do sol nascer... mas é claro que depois volto pra cama e só acordo meio dia, às vezes uma da tarde. Isso é que é ser boa de cama, né? Hehehe...

No mais tudo o que faço é o serviço de casa e os cuidados com a horta, que está cada dia mais vigorosa e crescida. Os rabanetes já estão pulando pra fora da terra, enooormes, assim que a vó e o Daniel chegarem vamos colhê-los e comê-los, claro!

Mas mudando de saco pra mala, eu só dei a notícia do meu mestrado e não especifiquei bem o que vai rolar. Bom, então senta que lá vem a história...

Eu antes de vir pra cá já tinha entrado em contato com a Universidade da Carolina do Norte graças a uma de minhas professoras de Inglês na UFPR, Vera Rollof. Ela disse pra eu verificar se não havia um convênio entre as duas universidades e me aconselhou a averiguar a possibilidade de continuar meus estudos por aqui. E assim, entrei em contato com o Dpto. Internacional da Federal e eles me passaram o contato deles aqui com a UNC.

Mandei um e-mail no fim do ano passado dizendo que eu estaria me mudando para Charlotte em 2009 e que era Licenciada em Letras pela UFPR, e a moça logo respondeu dizendo que eles não tinham mais convênio com a Federal do Paraná, mas que isso não seria problema e que eu poderia até mesmo tentar uma bolsa de estudos trabalhando como professora de Português para eles, já que uma vaga seria aberta para o segundo semestre de 2009.

Assim fomos trocando e-mails sobre as possibilidades de mestrado e sobre a bolsa. A primeira coisa que fiz ao chegar em Charlotte foi enviar um e-mail pra eles dizendo que já estava aqui. Marcamos um encontro e fui à UNC conversar com o Coordenador de Estudos Latino Americanos, área do meu mestrado. Durante a conversa, várias pessoas entravam na sala e ficavam observando - só então notei que estava sendo avaliada. Após 40 minutos de "entrevista" fui convidada a fazer um tour pela Universidade, ou seja, ali eu já sabia que a primeira impressão que deixara foi relativamente boa.

Mas como nem tudo são flores, tive que encarar muita burocracia. Submeter todos os meus documentos e registros escolares à tradução juramentada, conseguir um certificado de conclusão de curso já que até hoje meu diploma da UFPR não ficou pronto e prestar dois exames, o GRE (General Record Exam) ao qual todos os candidatos a mestrado - americanos ou não - devem passar, e o TOEFL, que é uma prova de proficiência no inglês direcionada, logicamente, para estudantes internacionais.

Estes dois testes foram a pior parte de todo o procedimento, porque eu afobada do jeito que sou, sempre acho que fui muito mal e que não estudei o bastante e, até as notas serem divulgadas, é uma verdadeira tortura. Felizmente os resultados foram bem além do que eu esperava, e eu estava dentro (na verdade até acima) dos padrões da Universidade para qualificar-me como uma estudante com bolsa.

Depois de tudo isso feito, me matriculei e tive que providenciar 3 recommendation leters, ou cartas de recomendação, todas em inglês, claro - as quais pedi para as minhas professoras Vera, Luci Colin e Clarissa Jordão e elas muito habilmente enviaram. Além disso tive que apresentar meu "personal statement", ou seja, uma carta em que você tem que demonstrar, além de boas habilidades estilísticas e linguísticas do inglês, um bom motivo para eles te admitirem no cast de estudantes da instituição. Tudo isso feito, eis que chega um e-mail dizendo que eu havia sido aprovada! Que emoção! Eu fiquei pulando tanto, feito uma idiota, dando voltas pela sala, que até um mal jeito nas costas eu dei!

Bom, meus caros, isso significa que agora, além de mestranda, sou a professora de Português Básico no departamento de Línguas e Cultura Estrangeira da UNC! Afff! Podre de chique! Vou trabalhar apenas dois dias - terças das 15:30 às 16:45 e quintas das 17 às 18:15. De noite vou pras aulas e assim será a minha vida a partir do dia 24 de agosto de 2009. E com a bolsa vou conseguir bancar o mestrado e ainda vai sobrar um troquinho.

Existem algumas pessoas que merecem muito o meu respeito e agradecimento por mais esta conquista, algumas delas já citei mas não custa repetir (afinal reconhecimento merecido nunca é demais): primeiro ao Bruno, meu amor, meu gatão, sem ele e sua inteligência e incrível capacidade de trabalho nunca teríamos vindo pra cá (under such good conditions). Depois aos sogrões que providenciaram os documentos e sempre me apoiaram e torceram por mim. Às minhas professoras da Federal que enviaram as cartas de recomendação e principalmente à Vera, que me alertou desta possibilidade. A vocês, família e amigos, leitores do blog que mesmo estando aí do outro lado do mundo, me deram ânimo e total apoio durante as fases agoniantes de estudo através de seus comentários, muito obrigada! E à minha mãezinha que me pôs no mundo, junto com o meu pai, a quem eu sempre dedicarei todo o meu sucesso... é um orgulho para mim ser um orgulho pra vocês!

Um beijo a todos, vocês são oátimos!!!

11 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Sogrão primeirão

HeLô disse...

que legal, guria!!
parabens de novo!!!

beijos!!!

Panda disse...

Sogrão primeirão mas sem comentário de verdade! To esperando!!!

Helô, obrigada de novo!
=)
Bjos

Fatima disse...

Sograo bobao, entrou mas nao disse nada,acho que ficou mudo de emocao com a foto.
Garota voce é uótima mesmo. Guarde uns rabenetes pra mim.
Estou gritando, com minha garganta já saradinha, de alegria.
Enfim, é melhor irmos antes ou depois do aniversario do guri lindo da maezinha dele?
Peco ainda que descreva sobre o que sera seu mestrado.
Beijos da sogris curiosis

Panda disse...

Sogrinha queridinha da Pandinha! Vou "salvar" uns rabanetes para sua vinda. Enfim, se vocês acharem viável poderiam vir antes para irmos ao show do Paul McCartney juntos em Atlanta! Não seria mais que lindo? Mas têm que decidir logo, porque dia 15 de agosto tá aí, falta menos de um mês! E os ingressos podem até estar esgotados, aqui o povo é doido, abre a bilheteria e cest fini! Em uma próxima postagem detalharei mais o meu mestrado! Bjos

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda!

O sogrão aqui comentou ao vivo pelo Skype com a Pandinha, e depois daquilo desceu para jantar e não pegou mais na maquininha diabólica. Coisas que acontecem!

Deixando de lado todos os parabéns e congratulações e etc. que já demos, agradeço pela foto sensacional. Você não poderia ter escolhido outra melhor (hehehe)!!!!!

Agoram olhando a maneira como você vai começar a fazer parte ao mesmo tempo tanto do corpo discente quanto do doscente da UNC Charlotte, você consegue imaginar algo semelhante aqui na UFPR? Deixaria a nossa burrocracia esquerdista que uma americaninha recém formada chegasse por aqui querendo fazer um mestrado e ainda por cima querendo dar aula de inglês? Nem nos mais fantasiosos sonhos.

Nos dê mais algumas poucas informações - você terá aulas noturnas todos os dias da semana? Qual o horário? Pergunta técnica de sogrão engenheiro e de curiosidade meio diferente - você vai receber o teu dindim "inteiro" e depois pagar a faculdade, ou eles já vão te "dar a sobra"? Você não vai precisar um visto diferente? O teu visto te permite trabalhar?

Beijões

Sogrão

Panda disse...

Sogronis criticus, realmente não sei responder sua pergunta... mas a UFPR é uma instituição muito boa - longe de ser perfeita - e creio que eles deixariam essa americaninha dar aula de inglês na escola técnica, por exemplo. Bom, digo isso porque eu conheço um "doutorando" que dá aula de inglês lá (um inglês bem parco, mas um professor excepcional. digo, ele não tem uma pronúncia das melhores, mas quem de nós estrangeiros tem uma pronúncia perfeita, não é mesmo, o máximo que podemos ter é uma boa imitação da pronúncia).

Num próximo post vou falar mais sobre o mestrado. E pelo jeito vou ter que mudar meu Visto sim para F1, o que estou questionando pois o meu visto L2 permite estudar e trabalhar.

Bjos

Anônimo disse...

Oi Panda!!!Nooossa já estava achando o máximo vc fazer mestrado aí, mas agora sabendo que além do mestrado vc vai dar aula, parabéns!!!Tem que ficar muuuito orgulhosa mesmo!!Tenho uma fotinho bem legal pra mandar pra vc mas não sei mandar, errr...Vou pedir ajuda para o seu sogrão mandar pra mim, tá?
Fiquei emocionada que vc lembrou do meu níver!!!
Beijos e mais beijos da Mana

Ma Zagonel disse...

Paaanda
parabens
ja tinham me contado, mas agora que consegui vir te deixar um beijos.

morremos de saudades
cuide bem da vo e do Dani (:

beijos
Marina

Talita disse...

Parabéns, parabéns filhinha querida!Sempre soube que vc seria um sucesso na vida profissional!Sempre foi muito viva e talentosa desde pequenina!Mas com o Bruno ao lado suas chances duplicaram, rsrs...
Parabéns ao meu genrinho também!Que a vida dos dois seja uma escalada de conquistas e vitórias merecidas!
Bjs duplos!

Panda disse...

Obrigada mãezinha! Beijos saudosos