quarta-feira, 1 de julho de 2009

Bye, bye Mamãe!!!


Hoje eu tô deprê porque minha mãe foi embora.

Voltei do aeroporto e fui ver a nossa hortinha, fiquei cutucando a terra pra afofar o solo, do jeito que ela me ensinou, mas até as alfacinhas pareciam estar já sentindo a falta de mami, estavam caidinhas, muuurchas, cabisbaixas...


Daí fui arrumar o quartinho de mamis e tava tudo vazio... armário sem roupas, cama sem lençol, travesseiro sem fronha... Agora eu tô aqui, querendo saber se ela chegou, se já almoçou, se encontrou a Evi, se deu tudo certo, mas o telefone que eu tenho de lá ninguém atende.


Resta-me apenas esperar que ela entre em contato contando as maravilhas do primeiro dia em New York!


Querida Mamis:

Você pode não ser a mãe mais sofisticada do mundo, nem a mais organizada, nem a mais estudada, nem a mais cheia da grana, mas saiba que você é a mãe mais linda, a mais meiga, a mais sabida e a mais fujona mami do mundo!

Eu te amo muito e vou ficar com saudades das suas lições sobre cada florzinha, cada matinho, cada capim, cada graminha, vou ficar com saudades dos seus suspiros sempre precedidos de um "aaaai, olha que lindo, Xanda", quando a gente passava na frente de qualquer coisinha que te enchia os olhos.

Vou sentir saudades das suas perguntas para as quais eu não tinha respostas, e você dizia, mas por que, Xanda, eu quero saber! Saudades da sua voz a cantar Moon River com a orquestra te acompanhando... saudades de te ver pegando cada revista, cada panfleto, cada papelzinho, só pra ler em voz alta e aprender sempre alguma coisa nova, uma nova palavra, uma pronúncia correta.

Saudades de você e da sua sede de sempre aprender mais. Saudades da tua simplicidade, do teu sorriso ao me ver deseongonçada tentando transplantar nossas mudinhas. Saudades, enfim... muito mais do que eu sentia quando eu morava aí, porque afinal de contas, aí você nunca era só minha e aqui eu pude curtir você sem ter que dividir com mais nenhum filho e nenhum neto, porque afinal de contas, eu sou a filha caçula né...

Pena que passou tão rápido. Mas o tempo é assim, mami, o tempo voa... logo, logo vai chegar a hora de você vir de novo... um beijo bem grande e aproveite sua estadia em New York! Ai que inveja que eu tô da Evi, agora ela tem duas mães lá e eu aqui sem nenhuminha!!! Nhé. Beijos.

Ainda bem que a vó tá chegando e logo depois a Fátima... afinal de contas, essas minhas "mães" postiças também me fazem muuuuita falta!

11 comentários:

Alessandra Pilar disse...

Primeirona, Ráááá!

Alessandra Pilar disse...

Óun que declaração mais linda, Pandinha!!! Tô emocionada aqui. Mamys é mesmo tudo de bom, e tem que cuidar muito, beijar muito, dar muito dengo. Ainda mais essa tua mamys lindona e viajada. Muito chique tá dona Talita né? bjinhos linda. Saudades de conversar contigo.

Panda disse...

Ai, nem me fale Pilar! Já chorei mooooito hoje. Hehehe... e ela acabou de me ligar, disse que chegou bem, que arrebentou a mala dela e a Continental deu uma malona chiquérrima novíssima e muito melhor do que a que eles quebraram... sortuda essa minha mami né? Pena que a ligação caiu e ela não ligou de novo. Ela deve ter pensado: ah, agora ela já sabe que eu cheguei, vou mais é correr pra estátua da liberdade, ou pro central park, ou pro museu de história natural... hehehe... beijos linda! tb to com saudades de falar contigo!!! Dá um cheirinho no Chico por mim!

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda

Que lindo! Me vieram lágrimas nos olhos. A saudade é um treco que dói muito mesmo.

Que tristeza foi limpar a adega e encher o Quartinho Records de bugigangas. Nada de bateria, nada de guitarras, de cabos mil, pebolim abandonado.

Vocês fazem mesmo muita falta.

Beijões do sogrão retardatário.

Panda disse...

É, sogrão! Mas em breve a gente vai poder matar a saudade né? E já achei dois bares com pebolim pra gente jogar aqui! Um deles é modelo brasileiro, com um boneco só no gol. E os bonecos são limõezinhos e garrafinhas de tequila! E o que é melhor, esse você não precisa pagar é só deixar a identidade... hehehe!
Bjos

fatima disse...

Oi Xandinha, que linda declaração, Dondaliet merece!
Nova York vai se render aos seus encantos...
Mas quem vai comer as verdurinhas, serei euzinha! Esta é parecida com a vingança do Pipoqueiro...
Beijin

Ana Balbinot disse...

Oi Xanda!
Que lindo! Sua mami deve ser muito feliz por ter uma filha tão querida e carinhosa!
Beijos

Tete disse...

Puxa vida Xanda....eu aqui, depois do almoço, trabalhando e lendo esta declaração de amor...simplesmente LINDO!

Panda disse...

Ana e Teté!!! Eu é que sou feliz por ter uma mãe tão maravilhosa!
Bjos

Talita disse...

Ah,filhota querida, eu me derreti como manteiga com essa declaração de amor tão tão,emocionante e doída pra mim que já desacostumei dessas declarações de amor, um pouco por eu estar sempre mais ausente.Não Que eu eu não saiba do amor de vcs por mim, é que os filhos qdo crescem se esquece de dizer que amam seus pais.Você Xandinha, sempre foi muito carinhosa e compreensiva com essa mãe fujona como vc mesma disse.
Mas é muito bom receber esse carinho!E eu sou muito grata a vc e ao Bruno por terem me proporcionado momentos tão felizes ai na linda Charlotte!Obrigada meus queridos!Deus os abençoe ricamente!
Com saudades dos nossos cafés no deque olhando a horta, vendo e ouvindo os pássaros cantando e comendo perto da gente, o Tico e o Teco nas visitas costumeiras de toda manhã...das nossas andanças pelos arredores, das compras e passeios com a Paula, dos restaurantes chics que o Bruno nos levava, do "Summer Concert",enfim de tudo que usufruimos juntas aí.
Espero voltar para o ano que vem!
Me aguardem para o próximo verão, rsrs...e isso sem falar no meu Tour pela CAPITAL DO PLANETA que é NEW YORK!!!...mas isso fica pra uma próxima vez, rsrs
bjs

Panda disse...

Mãezinha minha! Assim que nós estivermos mais estruturados aqui e com uma casa própria, vamos trazer você pra cá em grande estilo! Enquanto isso não acontece, vamos nos contentar com suas visitas anuais e trabalhar para que elas sejam cada vez mais badaladas, com direito a conhecer outras cidades e estados. Agora que eu estou encaminhada na Universidade vou me esforçar ao máximo para seguir uma carreira acadêmica de sucesso que me proporcione um bom salário com férias remuneradas para curtirmos tudo de melhor que esse mundão tem para nos proporcionar! Um beijo te amo muito!