segunda-feira, 12 de agosto de 2013

California Dreaming

Nós num mustangão conversível
5 anos de casório celebrados em alto estilo

Hoje voltamos pra casa. Cruzamos o céu da América. De uma costa a outra, vimos o Pacífico virar deserto, e a terra cobre esverdear à medida em que nos aproximávamos do Atlântico. Uma saudade engrandecia tudo. A California cada vez mais longe. Belos dias inesquecíveis e noites estreladas pulsando ainda forte no peito. Que vontade de ficar por lá!

Mas agora já estamos em casa, e há sempre um sentimento bom ao entrar no lar. Embora me aborreça toda essa função de desfazer as malas, conferir correio acumulado, fora o preparo físico e psicológico para o semestre que amanhã começa a mais de mil por hora (na minha opinião, com muita pressa de chegar). Abro uma cerveja e vou pro sofá da sala para escrever no blog essas lembranças maravilhosas. Mas são retrospectivas vãs; porque nenhuma narrativa será capaz de proporcionar o prazer das experiências que vivemos lá... 

Aventuras Etílicas ao Norte de Frisco


Sausalito: a vila de pescadores do outro lado da Golden Gate Bridge

No quarto dia em São Francisco fomos a pé até a Hertz, locadora de veículos onde havíamos reservado um carro para começar a parte On the Road da viagem, just like Jack Kerouac. Mas Jack mesmo sendo um escritor fudidão de sua época não fez este caminho com o mesmo glamour... ele primeiro foi de carona e sem um puto e depois da fama voltou pra lá em alto estilo num vagão de trem intercontinental. Jack com certeza foi pra Sausalito se embebedar... nós só fomos para Sausalito passear, tomamos um belo café da manhã e depois seguimos para Napa Valley e lá sim nos embebedamos, primeiro com a vista maravilhosa, depois com os vinhos exclusivos que experimentamos em duas das vinícolas super sofisticadas que povoam o vale, nas regiões de Napa e Sonoma. 

Wine Tasting: turismo etílico em Napa Valley

Voltamos ao entardecer para San Francisco e depois de encontrarmos, com muita sorte, uma vaga pra estacionar nosso carrão bem em frente ao apartamento que alugamos na Mission, fomos jantar uma porção de tapas num restaurante espanhol a algumas quadra de casa, uma delícia. 

Last Day in Frisco

Cemitério de mil oitocentos e bolinhas da Dolores Mission

No dia seguinte arrumamos as malas pra devolver o apê e finalmente pegar a California 1, também conhecida como Cabrillo Highway. Mas antes de pôr o pé na estrada ainda tínhamos alguns lugares imperdíveis para ir em San Francisco. O primeiro era bem em frente ao apartamento onde ficamos: os jardins do cemitério da Mission Dolores -- o prédio histórico mais antigo e inteiramente conservado de San Francisco, onde estão enterrados os mais notáveis católicos, pioneiros da California, e onde Hitchcock gravou em 1958 cenas do filme Vertigo (no Brasil, Um Corpo que Cai). 


Um dos cartões postais da cidade: Alamo Square

Depois, seguindo as sempre maravilhosas dicas do blog de Candice Bittencourt passamos pela Alamo Square só para encher os olhos com uma última vista panorâmica da cidade, e visitamos a Grace Cathedral, que estava em reforma mas ainda aberta aos visitantes. Aproveitando que a catedral era quase ao lado do Top of the Mark -- um restaurante que fica na cobertura de um prédio no centro -- subimos lá para tirar mais algumas fotos. 

Vista do Top of The Mark

Ainda dirigimos pelas curvas da Lombard Street -- a rua mais sinuosa, florida e charmosa de San Francisco -- que fica em uma das ladeiras do bairro mais conhecido como Russian Hill. Depois voltamos para o Golden Gate Park pra ver as atrações que não tínhamos conseguido cobrir de bike nos dias anteriores. E para fechar nossa trip em San Francisco fomos ver a exposição Impressionists on the Water, com obras de Renoir, Monet, Camille Pissarro, e outros mestres das belas artes. Depois de ver todos aqueles quadros, era impossível não olhar pra San Francisco Bay com um olhar que não fosse impressionista! O mar, os barcos à vela, a Golden Gate Bridge, o sol atrás da neblina, as montanhas ao fundo, a luz cintilando no mar... até meu Instragram ficou subitamente impressionista. E assim, após 5 dias perfeitos em San Fran, mal sabíamos nós que o melhor da viagem ainda estava por vir. Aguardem as fotos, fatos e relatos da próxima postagem!

2 comentários:

Unknown disse...

uhuuuu, antes do Ivo!!!!
Que delicia garota, de texto e de viagem...to me repetindo, mas é que é verdade.
Ja dei uma olhada nas fotos que estão por vir, uóóótimas...Só voces mesmo para convebcerem o Ivo a entrar no Facebook, só para curtir as fotos logo...
Um beijo enorme,
Fatimins

Panda Lemon disse...

Fatiminis!

Obrigada pelo seu comentário tão lindo, pode se repetir sempre que quiser, nós todos devemos ser pelo menos uns 50% repetição, os ordinários ainda mais.

Sabe que hj a mamae panda que teve um pandinha prematuro reviu seu filhote e ficou toda feliz num zoo da china? Eu tb fiquei feliz.

Um beijo

panda!