segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Promessa



Só notei que estava gorda quando fui guardar algo no armário da cozinha e acidentalmente minha pança ativou o "touch button" do meu moderníssimo cooktop. Assustada com o que poderia ter sido apenas uma vaga possibilidade, resolvi testar fazendo o mesmo movimento, fingindo pegar mais alguma coisa. Dito e feito: a mesma pança desligou o fogão. Fiquei deprimida e devorei um pote inteiro de Häagen Dazs com nozes macadâmias.


Como deixei isso acontecer comigo? Eu pensava, raspando bem o fundo do pote e me preparando para tomar aquele copo de coca-cola, refrigerante que acho muito doce e só tomo depois de comer algum doce bem doce, porque assim o sabor fica menos adocicado. Fiquei mais deprimida ao subir as escadas, sentindo meus joelhos estalarem, rangendo, mas mesmo assim custei a admitir que aquilo era uma mensagem, como o barulhinho do fogão, ao ser ligado e desligado involuntariamente pela minha barriga.


Fui escovar os dentes e, assim, me olhando no espelho, observei que minhas bochechas, sempre rechonchudas, ainda eram as mesmas. O que mudara, porém, além de algumas ruguinhas da idade, era um papinho protuberante logo abaixo do queixo, esse sim nunca tive, e que medonhamente unia meu rosto ao pescoço, cujos colares há tempos já estavam mais justos.


Foi aí que me liguei que a máquina de secar podia até ter encolhido minhas calças e camisetas - que encurtaram um bom tanto desde que me mudei pros States - mas que parte do fenômeno se devia aos quilos - ou pounds - a mais, adquiridos desde a mudança. O problema todo, naturalmente, foi desencadeado pela combinação de vários fatores. Casamento, cervejinha, vida sedentária, preguiça, excesso de auto-estima...


Sim, eu ainda hoje me olho no espelho e me acho linda. Magra não, magra nunca fui - exceto talvez durante uma breve temporada em que descobri o prazer enlouquecedor das anfetaminas, que tomava pra me manter acordada e, assim, poder estudar e trabalhar sem deixar de frequentar as baladas diárias, de segunda a segunda. Acho que é por isso que hoje tenho tanta preguiça e necessidade de dormir.


Mas como estava dizendo, meu excesso de auto-estima sempre me elogiou diante do espelho. Tenho alguns dotes genéticos, minha pele é excelente, não aparento minha idade e mesmo agora, casada, pançudinha e quase sem pescoço, ainda levo umas cantadas - que, inofensivas, não fazem nada além de inflar meu ego, coisa mais desnecessária para meu ego já bem gordo.


As magras muito magras, esqueléticas, bulêmicas, se olham no espelho e se acham gordas. São doentes, têm essa visão distorcida da realidade. Eu também devia ter essa visão distorcida, logicamente no sentido inverso, já que eu me olhava no espelho e me via sempre normal, bonita, longe de estar gorda.


Foi hoje, na hora em que ouvi o bip do fogão e constatei que ele fora acionado pela minha barriga, que eu me olhei no espelho e caí na real. Tudo fez sentido. Meu ciático deu um estalo, quase travou, mas ainda não desta vez, e garanto a vocês que ele resistirá bravamente até eu começar a receber e poder desfrutar de umas acupunturas ou massagens - que aqui custam caríssimo, como todo procedimento médico, alternativo ou não.


Então depois de todos esses sinais - as roupas encolhendo, os colares diminuindo, o joelho, o ciático - a gota d'água foi o fogão ligar automaticamente. Bem verdade que ele é automático, mas tudo tem um limite. Então resolvi fazer promessas.


Não vou mais comprar Häagen Dazs, e refrigerante só diet. Como odeio refrigerante diet, vou tomar menos refrigerante.

Seguindo as recomendações do famoso vídeo "Tapa na Pantera" (fuma aqui, toma um chá), cada vez que eu fumar, vou tomar chá verde. Como não aprecio muito chá, vou fumar menos.


Com o dinheiro economizado do sorvete e do cigarro, vou fazer massagem e acupuntura. Voltarei a praticar esportes - sempre levei jeito pra atleta, pelo menos aos domingos. E usarei o Fitness Center da universidade, já que é de graça e, de graça até injeção na testa.

Não direi que vou emagrecer tantos quilos porque sinceramente não sei nem quanto estou pesando, e também porque números nunca foram o meu forte. Mas eu prometo... vou chegar aí no Brasil e vocês nem vão notar que os hamburgueres quase me dominaram.


Ai, ai... De pensar que isso eu devo ao cooktop!

17 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Primeirão

Sogrão

Tete e Carlos disse...

É Xanda....eu também dobrei de tamanho! Que coisa mais chata pensar em regime e exercícios. Realmente não é o meu forte!
Mas vá firme, que vc emagrece e não vai mais ligar o fogão com a barriga!!!
Beijos

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda

Gozadíssimo.

Sogrão

fatima disse...

Voce não é mais uma PANDULA É UMA PANDEGA!
Tenho uma coisa m uito chata pra te revelar, quanto mais o tempo passa, mais dificil é perder algum peso, e como a gente já bem apegadas a eles a gente acha-os rapidinho de volta. É uma tristeza, peso hoje 10 kilos alem do meu normal....e me sinto não normal, não sei o que acontece....
Não esmoreça, você continua linda, mais linda, por ter mais Xanda pra ser linda.

Tininha disse...

Xandinha!!!
Não preciso nem dizer que sinto e entendo muito bem como é se sentir tão bela, e deixar os quilos aumentarem até chegar a um limite que nos vemos desesperadas, por um simples fato ocorrido (no teu caso o fogão ultra-moderno). Estou entrando com vários procedimentos para diminuir minha circunferência, dentre eles o “dite shake”, pois não consegui ano passado ser disciplinada o suficiente. E após começar a ver resultados voltar à reeducação alimentar. Está no programa de 2010, volta aos estudos, academia, costurar a boca, entre outros que deve melhorar minha qualidade de vida.
Quanto à observação da Fátima sobre a dificuldade de reduzir o peso conforme passa os anos, já constatei, por isso não tenho mais tanta pressa em logo ver um resultado, mas sim conseguir a cada quilo diminuído, mantê-lo longe de mim, já me satisfaço e muito. Desejo boa sorte, perseverança, e que nós duas consigamos chegar aos nossos objetivos até o final deste ano. Cada vez mais lindas, saudáveis, e magrinhas. (gargalhadas) Estou rindo, mas falo sério. Beijos, saudosos!

Gê. disse...

Olha Xanda, eu postei em todas, mas nessa eu não sei o que falar, só sei que faça de tudo, mas não pare de comprar Häagen Dazs, é o melhor sorvete que tem e a Marina sabe que eu sou VICIADO nesse sorvete. Falando na Má, manda um beijão pra ela e continue com as postagens engraçadas e mandando informações sobre a viajem. Beeeeijão

Panda disse...

Sogrão primeirão, gozado é, mas é triste também! Buááááááááá!!!!

É Teté! Dobrar de tamanho é tão fácil, vamos ver se desdobrar vai ser possível. Mas temos que tentar! Afinal, somos lindas, e não precisamos ser magras magras, porque afinal magra muito magra não tem graça, né?

Fatiminha, obrigada pelos elogios, mas vc é suspeita... agradeço muito a bondade de suas palavras. Ser Pandula, Pandega, tudo bem, mas tempo me tornar PANDA GIGANTE de verdade! Principalmente se eu não me depilar logo.

Tininha! Diet shake é demais pra mim, minha nega... admiro sua força de vontade e a disposição do seu estômago para iniciar tal dieta. Porém, estarei torcendo para que vc seja perseverante e consiga diminuir a circunferência! Mas não muito porque senão perde o charme, hein.

Germano, eu também adoro este sorvete e aqui nos States ele só custa 2 dólares e 75 cents. Por ser tão barato, ele passou a fazer parte da minha dieta. Mas não mais. Agora somente em ocasiões especiais, como em aniversários... e falando nisso, parabéns!!!

Bjos a todos!

Talita disse...

Muito sábia Xandinha essa sua decisão de perder uns quilinhos.Que não seja mais uma daquelas que todo começo de ano, prometemos e depois esquecemos.
Sem falar da nossa autoestima que fica "lá em cima" quando estamos mais leves, o fator saúde é o principal.O ideal é além da dieta, frequentar a academia, que vc já tem na Universidade.
Vá em frente, você consegue,tenho certeza.
Conte pra gente seus progressos, estamos aqui na torcida.
Beijos

Panda disse...

Obrigada mami... acho que já consegui dar uma afinada, só de cortar a cervejinha (que esqueci de mencionar na postagem acima) e o Haägen Dasz, que substitui pelo saboroso e natual sorvete de morango que a vó faz, desta vez com menos açúcar... ehehehehe...

Talita disse...

Que bom tô gostando do seu astral, é isso aí, tem manter o bom humor senão não vai, rsrs
Peça a receita do sorvete à Diva, só não sei se é fácil encontrar morangos fora de época aqui...

Talita disse...

Que bom tô gostando do seu astral, é isso aí, tem manter o bom humor senão não vai, rsrs
Peça a receita do sorvete à Diva, só não sei se é fácil encontrar morangos fora de época aqui...

kellychasen@hotmail.com disse...

Xanda, você sempre foi Linda, esbanja carisma. Bobagem este negócio de regime. Emagreci 13 kg, mas tive a pior fase de minha vida com baixa auto-estima. Mesmo magrinha e com a cinturinha que sempre sonhei. Tive depressão.

kelly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kelly disse...

Mas claro, que olhando pelo lado da saúde é importante que tiremos o excesso de açucar, e excluindo o que não é lá muito saudável, ou pelo menos diminuindo. É importante sentirmos boa disposição, olhando por esse lado é bom emagrecer não tanto pela estética, mas olhando pelo lado da saúde e conforto que isso nos proporciona com nós mesmos.

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda

O velho médico Moisés Pacionik dizia que, para boa saúde, se deve deixar de consumir todos os pós brancos da vida:
* açucar
* trigo
* sal
* coc...

Sogrão

Tininha disse...

Oi Xanda,
Lembrei-me que por ai têm sorvetes de yogurte que são bem saudáveis, se você realmente não consegue ficar sem. Mas, esse talvez seja o doce "mais perigoso", pois absorvemos todas as calorias sem esforço algum, afinal é liquido, assim como refrigerantes. E a digestão carboidratos começa a absorção na língua.
Quanto ao diet shake é só para dar uma animadinha, aquele start, logo volto à reeducação alimentar.
Nós vamos conseguir!
Beijosssssssss.

Panda disse...

Mami linda, aqui vai a receita do sorvete da vó Diva:

2 claras em neve
1 xícara e meia de açúcar (na receita são 2, mas ficou muito doce)
2 xícaras de morango triturado
1 creme de leite;

Depois da clara em ponto, adicionar o açucar, os morangos, e o creme de leite (sem soro) batendo sempre. Deixe no freezer por 1 hora e já está pronto pra comer.

Kelly, sério que vc 13 quilos? vc deve ter sumido!! Conheço muitas pessoas que ficaram deprê depois ou no processo de emagrecerem... mas eu acho que não será o meu caso, afinal, não estou deixando de comer nada, somente comendo menos de tudo. Ontem, por exemplo, tomei 1, mas só 1 cervejinha.

Tina, eu não sou uma fã muito fã de iogurte, mas valeu a dica. Me escreva dizendo se o diet shake está fazendo efeito!!!

Bjos