domingo, 26 de dezembro de 2010

Feliz Natal!

Flagra: Bruno registrou o momento em que Mamãe Noela perdia o vestidinho... 
Alguns meses atrás, no aeroclube de Charlotte.

Então é Natal... o ano passou voando, e não sei se é imperssão, mas cada ano que passa parece que passa mais rápido. Meu aniversário foi ontem e hoje é Natal. Dez dias desde então, em que passei festejando, limpando, organizando a papelada da escola, cozinhando receitas pela primeira vez para as festas de Natal que de tão boas passaram num piscar de olhos. O mundo gira depressa... e nessas voltas nós vamos... hi Lilly, hi Lilly hoho!


Natal Parte I - A Vingança do Peru
Celebramos o Natal tradicional brasileiro na casa de amigos que conhecemos em Charlotte, na primeira semana em que aqui chegamos. Ana e Welson organizaram o evento para o qual compareceram cinco famílias brasileiras. Ao todo foram 24 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, muitos dos quais ainda não conhecíamos. Em todos os sentidos, foi uma GRANDE festa!!!

Natal Brasileiro - Christmas Eve 2010
 
Paula e Luís com os sobrinhos - são gêmeos, Roberta e Alexandre - nós, os Maldonado (Ana, Welson, João, Giovani), Mirna e sua turma (Márcio, Murilo e Lucas), um amigo deles que não lembro o nome, e esta  família enorme e maravilhosa que conhecemos lá... Ela brasileira, ele espanhol, com sete filhos das mais variadas idades, todos adotados! E brasileiros!  

Nosso Natal foi um American way do tradicional Natal brasileiro... cada um ficou encarregado de trazer sua própria bebida e contribuiu com uma parte da ceia. O peru ficou por conta dos donos da casa, afinal tinha que ser um peruzão daqueles pra alimentar a cambada toda!!! Mas o peru foi uma novela... Ana desabafa: o peru tinha que ser grande, mas enorme pra caramba, foi difícil de achar, difícil de colocar no carrinho, e depois de tanto trabalho, o peru não cabia no freezer... na hora de cozinhar, ficou cinco horas no forno, o forno pifou, peru não assou, e agora Noel? 

No fim foi tanta gente e tanta comida que o peru nem fez falta. Mas os três engenheiros que estavam no recinto tentaram consertar o forno, e acabaram por provocar três pequenas e sucessivas explosões. A  culpa foi do peru! Sabotagem, puro espírito de vingança. E mesmo com o forno arrumado, o peru não ficou pronto. O nosso peru de Natal foi um símbolo de resistência. Não foi comido porque não quis ser assado! Fica aí um belo exemplo a ser seguido, o exemplo do peru.

O host da festa e seu fogão depois dos reparos.


Fizemos um amigo secreto mucho loco, que na verdade não era amigo secreto, mas algo parecido, em que cada um saía com um presente - eu ganhei uma gaita de boca e Bruno uma coberta bem fofa e felpuda. No auge da festa os vizinhos ligaram: tinha outra festa aqui na rua de casa, da qual conseguimos pegar o finalzinho... e a previsão avisava: esse natal vai ter neve!




Natal Parte II - Let it snow, let it snow, let it snow!!!

Acordamos tarde e nada de neve, mas o dia estava estranho, entre o branco e o cinza, parecia mesmo que ia nevar. Dia preguiçoso, quando deu duas horas comecei a cozinhar o arroz com chanpagne e amêndoas, receita da sogrinha, para a segunda ceia natalina, desta vez seguindo a tradição americana - eles comemoram no dia 25, entre o almoço e a janta...

Fomos na casa de nossos vizinhos Belinda e Mike, que são grandes amigos e cozinheiros de mão cheia. Mike é o mestre do grill. Convidamos dois amigos - Teo (brasileiro de Natal) e Amit (um amigo indiano) que não têm família aqui e estavam sozinhos nesta data em que ter uma companhia é o espírito da coisa! E daí foi outra festa! E guess what, a neve veio com tudo... deixou a paisagem ainda mais natalina, tipo nos filmes... E uma comidarada sem fim!

Amit, Teo e Belinda


Nesse momento de satisfação gástrica plena, só posso dizer o seguinte: nosso Natal só teria sido melhor se o Santa tivesse trazido vocês aqui...


Natal Parte III - A preparação

João Pedro quando a gente saiu do Brasil... agora deve estar um mocinho!


Amanhã cedinho chegam em Charlotte a Berna, o Gustavo e o João Pedro!!! Sortudos, vão chegar aqui com tudo branquinho! Tô com peninha do Bruno, que vai ter que levantar às 5 da manhã pra buscá-los no aeroporto... mas tenho certeza de que ele irá com muito gosto, afinal, é sempre um prazer receber visitas do Brasil!

Esperamos que tenham tido um Natal excelente e que 2011 seja um ano de muitas conquistas, muito trabalho e muita garra pra que tenham muitos sonhos realizados, e principalmente, um ano com muita saúde pra encarar novas jornadas e novos desafios!!!

São nossos sinceros votos...

E Boas Festas!

7 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Primeirão!!!

Ivo e Fátima disse...

Ao povo em geral - sou obrigado a reconhecer - essa pole não foi obtida na mais honesta das maneiras... A Pandinha linda me perguntou seu eu já tinha visto a postagem, daí... Não aguentei e passei a perna nos frequentadores regulares.

Mas vamos aos comentários. Gostei das "perninhas" da Mamãe Noel quando perdeu o vestidinho. Que tímida (qua qua qua).

Que sensacional o Natal com tantas pessoas. Melhor que isso, só mesmo se a todos nós estivéssemos aí junto. Ainda bem que o nosso peru (habilmente desossado pelo Sávio) não se rebelou e permitiu-se ser assado para alimentar aquele bando de esfomeados. Na realidade, a maior demonstração de "barbárie" aconteceu quando chegou o tender da D. Diva, que em questão de segundos simplesmente desapareceu. Todas as supostas testemunhas se recusaram a fornecer provas contra si mesmas, e tivemos que conviver com o sumiço do tender.

E a sequencia no dia 25, hem? Com neve e tudo que se tem direito para um Natal perfeito. De novo, só faltamos nós aí. Mas, pode saber - no Natal de 2011 estaremos aí. Preparem-se.

Aproveitem bem o João Pedro, explore a Bernadete nas dicas de mestrado e doutorado e mostrem muitos carros para o Gustavo - inclusive o Jag do John...

Beijos para vocês, e que bom que tiveram um Feliz Natal!!!

Sogrão.

Flávio Jacobsen disse...

Xanda! Feliz Natal e um super 2011. A gente tem mania de achar que nossa vida é boa. Isso é uma grande mentira. Ela é maravilhosa. Rá! \o/

Talita disse...

Então foi lindo o natal de vocês, nem podia ser de outro jeito, com tanta gente amiga e de boa vontade.O Nosso também foi animado e e feliz, com direito a Papai Noel Rocco distribuindo presentes a todos!A familia Silva com uma adorável pessoinha a mais, a Alice estava toda prosa, sim pois esta quase falando, rsrs com seu vestidinho de poá rosa com uma bolsinha a tiracolo, uma graça!Enfim só teria sido melhor se vocês estivessem conosco.O nosso Ano Novo também promete ser lindo sem mácula, aleluiah!!!Não sei ainda se fico aqui com a Cris e familia ou se vou pra praia com os Roccos, ja que a Tati vai pra praia do Pinho com a Maila...
Que o Ano Novo de vocês seja perfeito e sem mácula!Cheio de paz e no aconchego dos queridos, que chegaram hoje!
Beijos!!!

cristina disse...

Natal legal, pandinha, ainda bem que os brasileiros são animados... O nosso estava bem gostoso... mas vc sabe, eu prefiro com todo mundo da família por perto. Foi divertido sim, mas eu é que não estava mesmo no espírito...
Mãe... o vestido da princesa era listradinho, com bolsinha e apliques de flores e borboletinha!!! Minha maninha... nem sempre posto aqui minhas opiniões, mas dou gargalhadas homéricas com as suas sacadas... chorei com a sua poesia de 32... pois é... difícil constatação mesmo... nada muda, tudo fica no lugar, tudo muda e eu não mudo, eu mudo e ninguém nem nada muda... putz, que merda... que bom... as coisas são mesmo assim... lembra do Menino Maluquinho quando ele diz que todo lado tem seus lados? O meu anda obscuro nesse verão escuritibano... mas tenho o meu lado bom... que pelo jeito tá descansando em alguma praia paradisíaca aqui mesmo no Brasil... doce imaginação... Saudade imensa, nem sei mais como te escrever se não for chorando...

Fatima disse...

Xanda minha linda, que Natal de cartão postal heim??? Que massa, tô mortinha de inveja da Berna, JP e Gustavo, mas é uma inveja branca...sem trocadilho!Noso Ntal apesar do desfalque, sem vocês, se Pedro...estava muito animado, muita comilança bem ao estilo Faustinho, as crianças fazendo gracinhas pra deixar todo mundo se deliciando. O Gabriel ganhou uma bateria semi-prof do Vô Cuto, que nos deixou quase surdos e ainda com mais saudades do Bruno. Mas assim é a vida...e vamos ficando felizes pelo caminho...Desejo a vocês um Ano Novo, com tudo de novo, tudo novo de novo...conquistas, amores, desafios e muitas, muitas alegrias.
Um beijo no coração!
Ou na bunda e até segunda????

Panda disse...

Sogrão, sua admirável honestidade será retribuída com várias autênticas poles vindouras!!!

Que bom que o Peru desossado de vcs morreu tradicionalmente na véspera! E quanto ao sumiço do tender, devo confessar que eu mesma já testemunhei o fato em pelo menos uns três Natais passados...

Mãezinha, também desejo um Ano Novo bem feliz, cheio de conquistas e realizações, and no mácula!!!

Minhirmã amada... odeio te ler tão jururuzinha... espero que o próximo ano seja um ano de reconstrução! E aproveite cada minuto da sua vida ao lado dessa linda princesinha Alice!!! Te amo e desejo tudo de bom!

Fatiminha!!! A saudade também é grande por aqui... ficamos contentes que a festa foi animada mesmo com os desfalques! Vixxx... Pelo jeito essa é uma familia de bateristas, pois o João Pedro também chegou batucando, avisando a vizinhança de que tinha chegado!!!

Flavião, tem razão... a nossa vida é mesmo maravilhosa. Às vezes a gente não se dá conta, mas o maior presente que temos é viver e aproveitar cada momento!!! Oááááátimas festas pra vc e um 2011 ainda melhor!