quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Zum Zum Zum... Trinta e Um.


Trinta e um na veia, véia! Tia-avó! Professora Lemos Zagonel! São tantas emoções que fico tonta, zuretinha! Zum zum zum... eu já tô com trinta e um. Lembro-me como se fosse ontem. Eu, Tati e Amanda no aniversário de 29 anos do meu irmão Gu, cantando, as 3 pentelhas: zum zum zum, para trinta falta um! Era 6 de julho de algum ano distante. A Amanda nem era minha cunhada. Ou era? Lembro como se fosse ontem, mas minha memória é curta, infelizmient. Passa rápido demais. E a vida é tããããão legal!

Então, meu querido diário. Como você deve saber, ontem foi meu aniversário. Quase ante-ontem. Acordei às 7:30 da matina, assim que o Bruno saiu pro trabalho. Fiz xixi, escovei os dentes, voltei pra cama e comecei a estudar. Estudei, tomei banho, tocou o telefone, era a Paula - minha amiga e fiel escudeira e assessora para assuntos aleatórios em Charlotte - me dando os parabéns.

Depois de estudar mais, me arrumei e saí almoçar com o Bruno e o Arthur, que também é nascido neste belo dia 15 de dezembro. Almoçamos no italiano Macarroni e o Bruno me deixou na Universidade. Atendi dois alunos durante minhas office hours, e mais um telefonema, desta vez da Ana, outra amiga brasileira que conheci aqui em Charlotte, com quem iremos passar o Natal.

Às 5 da tarde, fui aplicar a prova final para uma das minhas adoráveis turmas de Português. Depois da prova teve uma festinha para comemorar o aniversário meu e da Lavonda, uma aluna muito querida, que é também nascida neste belo dia 15 de dezembro

O John, meu aluno mais velho, comprou um bolão, confeitado com as palavras: "As Senhoras do Feliz Aniversário". É uma pena que não tirei nenhuma foto. A festinha serviu também de despedida, pois agora as aulas terminaram. Em janeiro começa a Spring Season... o segundo semestre escolar. Além da festinha e do bolo, ganhei dos meus alunos um cartão musical (passarinho quer dançar, o rabinho balançar, pois acaba de nascer, tchurururu... só intrumental, óbvio), uma caixa de bom-bons de uma das minhas alunas, e um kit-coquetel de outra aluna muito querida, junto com um cartão especial!

Ao chegar em casa, tinha surpresa do sogrão e da sogrinha me esperando! Era um kit-flores. Uma caixa verde, direto do Quênia. Dentro, um vaso, as flores bem enroladinhas num plástico, um cartão e um balãozinho. Veio também com as instruções de como montar e uns sais minerais para colocar na água. Rosas do Quênia, enviadas para os Estados Unidos por encomenda do Brasil. Um amor global, certamente!

Assim que terminei de montar o vaso, o telefone tocou. Vó Diva do Brasil, sil, sil! Dando os parabéns e contando as novidades... vai pra Foz no Natal, e em seguida voa pra Charlotte, pra passarmos o ano novo juntos, eu, Bruno, vó e Marina! Algum tempo depois, nova ligação. Sogrão e sogrinha!

Via skype eu, Cris e Lydio improvisamos um fado, uma versão "purtuguesa di Purtugal di Juáum i Meria", do Chico. Também via skype, liguei pro Du e pra Keith pra eles não se esquecerem de me dar os parabéns. No Canadá tá nevando. Eu quero neve, mas aqui não tem! O jeito é ir pra Quebec... Quebec... Quebec to where you once belonged... ah, os Beatles!

Só faltaram os Betles para animar meu aniversário mesmo! Porque os amigos e familiares marcaram presença via e-mail, orkut, facebook... obrigada a todos que animaram meu dia! Que lembraram de mim, que me enviaram felicitações, e principalmente, obrigada ao Bruno que, aqui do meu lado, tem amado uma mulher mais velha, com TPM, estressada, mas nota A em todas as matérias do mestrado. A lôco!

Ontem estreiei o hobby e a camisolinha super sexy que a vó me mandou pelo Caetano... mas isso só foi possível porque meu marido fez uma depilação pró nas minhas pernocas não mais peludas. Ele disse que a experiência foi boa. Meio que se vingou de todas as minhas pequenas maldades durante esses quase 9 anos de convivência. A dor foi a mesma. Mas com a diferença de que com a depiladora desconhecida a gente aguenta sem dar xilique. Que saudades do Brasil! Que saudades de um salão Marly nessas horas.

Bom, agora que as aulas terminaram, e que eu estou com 31, prometo fazer uma retrospectiva dos eventos marcantes desses últimos dias - incluindo show dos Criaturas em Charlotte, o primeiro jogo de futebol americano, e mais uma seção da Panda Gourmet com bolinho de caranguejo inventado pelo Bruno, sem esquecer é claro da canção de fim de ano em homenagem aos queridos amigos e familiares do Brasil.

E essas são as cenas das próximas postagens...

Até mais!

5 comentários:

Ivo e Fátima disse...

Sogrão primeirão

Ivo e Fátima disse...

Pandinha linda

Quer dizer que nossas rosas vieram do Quênia? Quenia diria, hem? Para nós foi meio frustante saber que elas chegaram em uma caixa e não "montadas" no vaso. Seria muito mais legal você ganhar um vaso pronto... Pena - na próxima vez não usaremos mais esse site.

Em todo caso, o bom é que o dia do teu aniversário foi sensacional, com todo mundo lembrando e pensando em você o todo tempo.

Beijso do Sogrão

Fatimoca disse...

Xandica, que coisa heim??? Rosas do Quenia...muito globalizado para o meu gosto. Queria mesmo um arranjo bem lindio aí de Charlotte mesmo...A intenção foi boa. Estou com inveja da Ana, e nem conheço ela. E estou com inveja da Vó e da Marina. Acho que o Papai Noel não vai me trazer nada, tô muito invejosa por estes dias.E não adianta prometer que não vou melhorar mesmo...vou ficar cada vez pior.
Um beijin e um queijin

Panda disse...

Sogrão e Fatiminha!

Não fiquem jururus!
Adorei as flores do Quenia!!!

Talita disse...

Que legal! rosas do Quenia! e elas saõ cheirosas?
C
Xandika, fui hoje com a Cris à livrarias Curitiba atras dos livros do Glauber e vc acredita que não tinha nada dele lá!?

A Cris comprou dois do Nelsom Motta, o mais recente e o outro, acho que vc vai gostar.

Amanhã vou a fenac pra uma nova tentativa, vou mandar dois títulos pelo menos.Naõ fomos hoje pq estavamos com o Ciço e ficamos com dó dele, pois passamos umas 4 horas zanzando pelas lojas e ele na boa, tadinho...

Será que não vamos incomodar a Diva pedindo pra ela levar?
É que livros pesam...

Estou com inveja da Ana também, rsrs...e da felizarda da Diva, paciência né?

bjs duplos!